PUBLICIDADE
Notícias

Nobel da Paz vai para paquistanesa Malala Yousafzai

06:19 | 10/10/2014
Ativista luta por direitos das meninas à educação em sua terra natal desde os 11 anos. Jovem também sobreviveu a uma tentativa de homicídio por parte de talibãs. O Comitê norueguês do Nobel anunciou nesta sexta-feira (10/10) que a paquistanesa Malala Yousafzai é a ganhadora do Prêmio Nobel da Paz de 2014. A jovem ativista luta pelo acesso à escola de meninas no Paquistão e sobreviveu a uma tentativa de homicídio por parte de talibãs. Desde os 11 anos, Malala luta pelos direitos das meninas à educação em sua terra natal. Em 2009, ela escreveu um blog para a emissora britânica BBC, usando o pseudônimo Gul Makai, tornando-se, então, muito popular. Nele, Malala descreveu as ações das milícias islamistas no Vale do Swat, contestando o fechamento de escolas para meninas pelos talibãs. Em 9 de outubro de 2012, Malala voltava da escola para casa com amigas. Em sua terra natal, o Vale do Swat, quando militantes talibãs invadiram o ônibus em que estavam e dispararam um tiro contra a cabeça da adolescente. Após uma operação de emergência, ela foi transportada de avião para a Inglaterra onde, durante os meses seguintes, lutou para sobreviver ao atentado. Ela vive no país até hoje, juntamente com a família.

TAGS