PUBLICIDADE
Notícias

Google e Universidade de Oxford trabalharão com inteligência artificial

O objetivo do trabalho será fazer que as máquinas compreendam melhor o que veem e escutam

17:35 | 23/10/2014

O site de buscas Google anunciou nesta quinta-feira, 23, que se associará com especialistas em inteligência artificial da Universidade de Oxford para trabalhar a inteligência das máquinas e fazê-las pensar como pessoas.

Os professores de Oxford por trás das empresas emergentes Dark Blue Labs e Vision Factory trabalharão com a DeepMind, uma empresa sediada em Londres, comprada pelo Google no começo do ano.

O objetivo do trabalho será fazer que as máquinas compreendam melhor o que veem e escutam, o que terá um uso potencial em serviços como de assistentes virtuais intuitivos e ferramentas de busca.

Os termos financeiros do acordo não foram anunciados, mas o cofundador da DeepMind e vice-presidente de Engenharia do Google, Demis Hassabis, escreveu em um blog que inclui uma "contribuição substancial" para estabelecer uma sociedade que incluirá estágios, conferências conjuntas e oficinas de trabalho.

O Google está entre um grupo de investidores que participou esta semana do financiamento por 542 milhões de dólares da Magic Leap, que fabrica software para a realidade aumentada.

AFP
TAGS