PUBLICIDADE
Notícias

Cai número de casos de Ebola na Libéria, mas OMS diz ser cedo para comemorar

A OMS confirmou que houve diminuição de casos de Ebola na Libéria, um dos países mais afetados pela epidemia

14:37 | 29/10/2014

A Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou nesta quarta-feira, 29, a diminuição de casos de Ebola na Libéria, um dos países mais afetados pela epidemia, embora tenha advertido que ainda é cedo para comemorar.

"Parece que a tendência é real na Libéria e poderia haver uma queda" nos contágios, explicou à imprensa, em Genebra, o vice-diretor-geral da OMS, Bruce Aylward.

Os laboratórios também constataram um "estancamento ou uma leve queda" nos casos confirmados, afirmou.

Na última terça-feira, 28, a Cruz Vermelha da Libéria anunciou ter constatado uma importante queda no número de mortos pelo Ebola na Monróvia e nos arredores da capital liberiana desde o começo de outubro.

No entanto, Aylward disse estar "aterrorizado (diante da possibilidade de) que se interprete mal a informação e que as pessoas comecem a pensar que o Ebola está sob controle".

"É como pensar que um tigre que se cria como animal de estimação está sob controle", advertiu.

A epidemia de Ebola deixou quase 5.000 mortos na África ocidental e foram registrados 10.000 casos de contágio. O vírus se manifesta com febre, vômito, diarreia e dores, e é transmitido por contato direto com os fluidos corporais.

 

AFP

TAGS