PUBLICIDADE
Notícias

Ataque da Frente Nursa ao Hezbollah deixa oito mortos

15:40 | 06/10/2014
A Frente Nursa, grupo ligado à Al-Qaeda, atacou no domingo zonas ocupadas pelo grupo xiita libanês Hezbollah na fronteira da Síria, deixando oito mortos, informaram autoridades e ativistas nesta segunda-feira.

Rami Abdurrahman, do Observatório Sírio de Direitos Humanos, afirmou que a Fronte Nursa atacou diversos pontos do Hezbollah tanto no lado libanês quanto sírio da fronteira entre os dois países. De acordo com Abdurrahman, quatro militantes do Hezbollah foram mortos no lado sírio da fronteira.

A batalha no domingo durou diversas horas. Um oficial libanês, que falou na condição de anonimato, afirmou que a resposta do Hezbollah ao ataque foi "enorme, forte e rápida". De acordo com ele, os militantes ocuparam um posto de observação conhecido como Ein El-Saa. O Hezbollah recuperou o local duas horas depois. "Esse posto se tornou o túmulo deles", declarou.

Logo após o conflito começar, o Hezbollah buscou reforços na região. A rede de televisão do Hezbollah, Al-Manar, mostrou manchas de sangue no posto Ein Al-Saa e medicação que a Frente Nursa deixou para trás.

Foi a mais grave incursão ao Líbano desde 2 de agosto, quando rebeldes sírios capturaram a cidade libanesa fronteiriça de Arsal e 20 solados e policiais. Fonte: Associated Press.

TAGS