PUBLICIDADE
Notícias

Chuvas no Paquistão já mataram 200 pessoas

A maioria das mortes ocorreram por desabamento de telhados, eletrocussões e deslizamentos de terras

08:33 | 06/09/2014

As chuvas torrenciais no Paquistão deixaram mais de 200 mortos nos últimos três dias e causaram danos em milhares de casas, informaram as autoridades neste sábado, que decretaram alerta vermelho em quatro distritos.

A maior parte das mortes ocorreram por desabamento de telhados, eletrocussões e deslizamentos de terra na província mais povoada, Punjab, e na parte de Caxemira sob administração paquistanesa.

O balanço em Punjab é de 55 mortos e 235 feridos. Os distritos de Jelum, Sialkot, Nankana Sahib e Narowal foram colocados sob alerta vermelho.

O primeiro-ministro paquistanês Nawaz Sharif realizou neste sábado uma reunião de crise para examinar a situação e ordenou que as autoridades acelerem os esforços de socorro e salvamento.

Em 2010, as piores inundações da história do Paquistão deixaram cerca de 1.800 mortos e afetaram 21 milhões de pessoas.

 

 

AFP

TAGS