PUBLICIDADE
Notícias

Morre o padre espanhol infectado com ebola na Libéria

O missionário, de 75 anos, foi o primeiro religioso infectado com o vírus ebola repatriado para a Europa

07:55 | 12/08/2014

O missionário espanhol Miguel Pajares, repatriado na quinta-feira passada da Libéria, onde contraiu o vírus ebola, faleceu nesta terça-feira em Madri, anunciou o hospital La Paz-Juan Carlos III.

 O padre, de 75 anos, foi o primeiro religioso infectado com o vírus ebola repatriado para a Europa. Pajares havia contraído o ebola no hospital Saint Joseph de Monróvia, onde trabalhava.

 "Ele morreu às 9h28 (4h28 de Brasília)", afirmou um porta-voz do hospital. Esta é a quarta morte nos últimos 10 dias de um funcionário do hospital Saint Joseph da capital da Libéria, vinculado à ordem religiosa de São João de Deus e fechado pelas liberianas desde 1 de agosto.

 O missionário espanhol foi repatriado na quinta-feira passada em um avião especial, dentro de uma área isolada, acompanhado pela religiosa espanhola Juliana Bonoha, que trabalhava com Pajares mas que não foi infectada pelo vírus ebola segundo os exames.

AFP

TAGS