PUBLICIDADE
Notícias

Explosão acidental de míssil israelense mata jornalista e mais 4 em Gaza

O porta-voz dos serviços de emergência palestinos, Ashraf al-Qudra, afirmou que cinco pessoas morreram e várias ficaram gravemente feridas

07:20 | 13/08/2014

Cinco pessoas, incluindo um jornalista estrangeiro, morreram nesta quarta-feira ao norte da Faixa de Gaza no momento em que especialistas palestinos tentavam desativar um míssil israelense.

 O porta-voz dos serviços de emergência palestinos, Ashraf al-Qudra, afirmou que cinco pessoas morreram e várias ficaram gravemente feridas.

 O porta-voz do ministério do Interior, Iyad al-Buzam, afirmou à AFP que vários técnicos em explosivos morreram no momento em que desativavam um míssil (israelense) em Beit Lahiya. "Entre eles estava um jornalista estrangeiro", disse.

 O repórter cobria a operação de desativação do míssil. Até o momento as autoridades não divulgaram a identidade do jornalista.

 De acordo com um correspondente da AFP, um repórter local ficou gravemente ferido.

 A explosão aconteceu poucas horas antes do fim de uma trégua de 72 horas.
Israel e Hamas mantêm negociações indiretas no Cairo, com a meta de alcançar um acordo que acabe em definitivo com a ofensiva israelense, iniciada em 9 de julho, na Faixa de Gaza.

AFP

TAGS