PUBLICIDADE
Notícias

Prazo para acordo nuclear com Irã pode ser estendido

18:40 | 16/07/2014
Representantes do Irã e de seis países reunidos em Viena para discutir um acordo sobre o programa de enriquecimento de urânio da república islâmica devem adiar o prazo das discussões, segundo diplomatas. A data final para a assinatura de um documento é o próximo domingo, dia 20 de julho.

Alguns negociadores, que falaram em condição de anonimato, disseram não ser possível chegar a um consenso até o prazo. Um deles informou que ambos os lados eram contra passar a impressão de que os países estão desesperados por uma solução imediata.

Segundo os diplomatas, o mais provável é que a rodada de negociações seja encerrada antes do dia 20 e o prazo seja adiado por alguns meses. Uma fonte disse que, como as conversa não avançaram, seria melhor que as delegações voltassem a seus países em busca de novas diretrizes.

O acordo tem como objetivo reduzir o programa nuclear do Irã em troca do fim das sanções econômicas contra a república islâmica. O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, falou em avanços tangíveis, apesar de "importantes faltas de consenso" quando deixou Vienna, onde esteve por dois dias em encontros com o ministro do Exterior do Irã, Mohammad Javad Zarif.

Durante as negociações desta semana, o Irã deu sinais pela primeira vez de que estaria disposto a reduzir o enriquecimento de urânio pela vigência do acordo sobre o uso de energia nuclear. A sugestão que chegou a ser discutida era de mater o número de centrífugas no patamar atual, de 9.400 máquinas. O país reduziria gradativamente a produção do combustível diminuindo a velocidade de rotação durante o período do acordo, segundo diplomatas iranianos e ocidentais, que falaram em condição de anonimato. Fonte: Associated Press e Dow Jones Newswires.

TAGS