PUBLICIDADE
Notícias

Kerry busca acordo para crise eleitoral no Afeganistão

10:40 | 11/07/2014
O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, busca mediar um acordo entre os candidatos presidenciais rivais do Afeganistão, diante do risco de perda de controle no país com a crise desencadeada pela disputa eleitoral no mês passado.

Kerry, que chegou nesta sexta-feira a Cabul em uma visita organizada às pressas, reuniu-se com o dois candidatos - o ex-ministro das Finanças, Ashraf Ghani Ahmadzai, e o ex-ministro das Relações Exteriores, Abdullah Abdullah -, além do atual presidente, Hamid Karzai.

O objetivo do encontro é convencer os dois candidatos a adiar a declaração de vitória nas eleições ou a estabelecer um governo até que a Organização das Nações Unidas (ONU) possa realizar uma auditoria para avaliar as amplas alegações de fraude na votação.

"Estamos em um momento muito, muito crítico para o Afeganistão", disse Kerry a repórteres ao se reunir com o chefe da ONU no país, Jan Kubis. "A legitimidade está na balança. O potencial futuro da transição está na balança. Então, nós temos muito trabalho a fazer."

A crise política ameaça minar mais de uma década de esforços dos Estados Unidos para fortalecer o Afeganistão, de forma que o país seja capaz de conter a insurgência taleban e impedir que grupos extremistas, como a Al-Qaeda, usem seu território para ameaçar os americanos. Fonte: Associated Press.

TAGS