PUBLICIDADE
Notícias

Igreja Anglicana autoriza ordenação de bispas

16:10 | 14/07/2014
A Igreja Anglicana encerrou nesta segunda-feira uma de suas disputas mais longas e complicadas com a aprovação da permissão para a ordenação de bispas.

A assembleia nacional da igreja, conhecida como Sínodo Geral, aprovou a histórica medida em votação por maioria de dois terços - como exigido - em cada uma das três diferentes casas. No total, 351 membros das três casas aprovaram a medida. Apenas 72 votaram contra e 10 se abstiveram.

O arcebispo da Cantuária, Justin Welby, disse que a aguardada mudança marca a conclusão de um processo que começou mais de 20 anos atrás, com a ordenação de mulheres como sacerdotes. Ele pediu tolerância e amor para os tradicionalistas que discordam da decisão.

"Eu estou satisfeito com o resultado dessa votação, mas também estou atento àqueles na igreja para quem o resultado será difícil e uma razão para tristeza", afirmou ele em comunicado.

O primeiro-ministro David Cameron chamou a data de um "grande dia para a Igreja e para a igualdade" entre os sexos.

Oponentes da medida argumentam que permitir o ingresso de mulheres numa posição tão alta da igreja é contra a bíblia e outros afirmam que a igreja não deveria ser guiada pela ética secular.

A Igreja Anglicana representa diversos grupos religiosos que englobam de evangélicos conservadores a partidários do casamento gay. Mudanças profundas podem levar anos e até décadas até serem colocadas em prática.

Dois anos atrás, uma lei semelhante não conseguiu a aprovação da maioria de dois terços de membros leigos da igreja, apesar da aprovação dos bispos e do clérigo.

Depois desse resultado, a igreja trabalhou para ganhar a confiança dos membros leigos. Ao mesmo tempo em que se viu sob intensa pressão externa para colocar em prática uma reforma em favor das mulheres.

Em 1975, o Sínodo Geral concluiu que hão havia objeção fundamental para que as mulheres se tornassem sacerdotes, mas levou quase duas décadas até que a primeira mulher fosse ordenada.

As coisas devem acontecer com mais rapidez para as aspirantes a bispas. Welby disse à rede BBC que espera que a primeira mulher seja ordenada bispa da Igreja da Inglaterra já no ano que vem.

Ele demonstrou menos certeza, porém, ao ser perguntado sobre se ele verá uma arcebispa da Cantuária. "Não tenho ideia. Ficaria encantado se isso acontecesse."

A Igreja da Inglaterra foi estabelecida pelo rei Henrique VIII, que indicou a si mesmo como seu líder em 1534. O governo ainda indica formalmente o arcebispo da Cantuária, o líder espiritual da igreja, e a rainha Elizabeth II é a líder suprema.

O Parlamento tem seu papel nos assuntos da igreja e será convocado para ratificar a lei a respeito da ordenação de bispas.

A Igreja Anglicana é parte de Comunidade Anglicana global, com 77 milhões de integrantes em mais de 160 países. A Igreja Episcopal dos Estados Unidos foi a primeira integrante da rede a ter uma mulher como bispo e atualmente é liderada por uma mulher. Fonte: Associated Press.

TAGS