PUBLICIDADE
Notícias

Francisco diz que celibato de padres pode mudar

Ao afirmar que o celibato dos padres "não é um dogma para a Igreja", o papa Francisco abre uma porta para a discussão do tema

10:19 | 28/05/2014
NULL
NULL

O papa Francisco afirmou que "o celibato dos padres não é um dogma" da Igreja, ao comentar a ordenação de homens casados defendida por certos setores católicos.

Em entrevista coletiva no avião que o levou de Israel para Roma, na última segunda-feira, 26, Francisco lembrou que "há padres casados na Igreja, e citou, entre outros, os sacerdotes Anglicanos, os coptas católicos e certos padres das Igrejas orientais. Mas o papa estimou que o celibato dos sacerdotes é "um dom para a Igreja".

Ao afirmar que o celibato dos padres "não é um dogma para a Igreja", o papa Francisco abre uma porta para a discussão do tema.


A Igreja - especialmente Bento XVI - já havia admitido que o celibato não é um dogma, como deve ser a fé na ressurreição de Cristo.

Uma sugestão frequente na Igreja é a ordenação de "viri probati", homens casados - geralmente aposentados - e muito comprometidos com o trabalho pastoral. Mas nunca se contemplou que sacerdotes ordenados possam receber autorização canônica para contrair matrimônio.

AFP

TAGS