PUBLICIDADE
Notícias

Risco de deflação na zona do euro é baixo, diz UE

14:30 | 12/04/2014
A Comissão Europeia afirmou neste sábado que somente um novo choque econômico poderia provocar deflação na zona do euro, mas reconheceu pressões desinflacionárias e a perspectiva de inflação "contida".

"A recuperação na União Europeia está ganhando força e se espalhando entre os país, apesar de continuar modesta", afirmou Siim Kallas, vice-presidente da Comissão, em relatório apresentando na reunião de primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Segundo o relatório, avaliações mostraram que desequilíbrios macroeconômicos persistem em quase todos os países do bloco e por isso "novas preocupações ganharam força" em alguns casos.

"A inflação recentemente caiu mais rapidamente do que o esperado", disse Kallas. "As pressões desinflacionárias na UE têm sido motivadas tanto por fatores externos quanto domésticos." Esses fatores incluem a queda dos preços das commodities, a depreciação "substancial" do euro desde meados de 2012 e a fraca demanda na região.

O relatório não menciona a necessidade de medidas extraordinárias do Banco Central Europeu (BCE), como um relaxamento quantitativo. Para Kallas, o risco de uma deflação existe, mas é baixo. Fonte: Market News International.

TAGS