PUBLICIDADE
Notícias

Lavrov diz que Ocidente conspira para controlar Ucrânia

11:15 | 25/04/2014
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, acusou o Ocidente de conspirar para controlar a Ucrânia e disse que os insurgentes pró-Rússia no sudeste devem entregar as armas apenas se o governo ucraniano desocupar o acampamento de protesto na Praça da Independência da capital Kiev.

"O Ocidente quer - e foi assim que isso tudo começou - assumir o controle da Ucrânia por causa das suas próprias ambições políticas, não pelos interesses do povo ucraniano", assinalou Lavrov nesta sexta-feira.

Lavrov disse que as milícias no leste "estarão prontas" para entregar as armas e desocupar prédios "apenas se as autoridades de Kiev implementarem os acordos de Genebra, desocuparem a vergonhosa Maidan (Praça da Independência) e liberarem os prédios que foram ocupados ilegalmente".

Por outro lado, o Ocidente acusa a Rússia de incentivar a inquietação no leste da Ucrânia e falhar no uso de sua influência sobre os insurgentes pró-Rússia. "Por sete dias, a Rússia se recusou a tomar um único passo concreto na direção certa", afirmou o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, na quinta-feira. "Nenhuma autoridade russa, nenhuma, apareceu publicamente na televisão na Ucrânia e pediu aos separatistas que apoiem o acordo de Genebra, que entreguem suas armas e saiam dos prédios ucranianos", salientou. Fonte: Associated Press.

TAGS