PUBLICIDADE
Notícias

Austrália capta sinais condizentes com de caixa preta

01:20 | 07/04/2014
O chefe da agência conjunta que está coordenando a busca no sul do Oceano Índico, Angus Houston, anunciou que a Austrália detectou sinais condizentes com os emitidos pela caixa preta do Boeing 777 da Malaysia Airlines, desaparecido desde 8 de março com 239 pessoas a bordo enquanto realizava o trajeto de Kuala Lumpur a Pequim.

Segundo Houston, o sinal foi detectado em dois momentos pelo navio Ocean Shield, da marinha da Austrália. No primeiro, ele se manteve por duas horas e 20 minutos e, no segundo, permaneceu por 13 minutos. Houston avaliou a descoberta como "muito encorajadora" e ressaltou que essa é a melhor pista na busca pelo voo MH370 até o momento.

Os sinais foram emitidos a uma profundidade de 4.500 metros, no limite da capacidade de alcance do veículo submarino. No entanto, o chefe da agência alertou que ainda precisa ajustar a localização do sinal antes de enviar o veículo e disse que a confirmação do sinal pode demorar alguns dias.

Os gravadores de dados do avião emitem um sinal que pode ser detectado por aparelhos específicos. No entanto, o aparelho para de transmitir o sinal cerca de 30 dias após o acidente, o que significa que as buscas têm pouco tempo disponível para encontrar a caixa preta do Boeing 777. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS