PUBLICIDADE
Notícias

Acusada por jogar sapato em Hillary Clinton é liberada

17:00 | 12/04/2014
A mulher acusada de ter jogado um sapato na direção de Hillary Clinton pareceu surpresa ao ser questionada por agentes do Serviço Secreto dos EUA, disseram autoridades. Alison Michelle Ernst, de 36 anos, foi liberada após ter sido detida por algumas horas, segundo o relatório da polícia de Las Vegas. "Ernst parecia estar em um estado agitado, mas estava ciente do que havia feito", diz o relatório.

Ela pode enfrentar até um ano de prisão se for condenada pelo incidente ocorrido na quinta-feira em um hotel da cidade. Alison é acusada de ter desviado dos seguranças e avançado para as fileiras da frente do público que ouvia Hillary. A polícia alega que ela retirou um sapato de sua bolsa e o jogou no palco.

Hillary desviou do sapato e não foi atingida. Ela pareceu surpresa, mas rapidamente soltou algumas piadas antes de continuar seu discurso a uma plateia de empresários e foi bastante aplaudida.

Alison, que usava uma peruca loira, foi levada para fora do local pela polícia. Ela disse a um repórter da Associated Press que jogou um sapato e deixou cair alguns papeis, mas não se identificou ou explicou o ocorrido. A foto tirada posteriormente de Alison mostra que ela tem cabelo castanho. Fonte: Associated Press.

TAGS