PUBLICIDADE
Notícias

Ucrânia: maioria dos alemães é contra sanções à Rússia

11:10 | 07/03/2014
A maioria dos alemães estão de acordo com a relutância da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, em impor sanções econômicas à Rússia em resposta à crise ucraniana, de acordo com uma pesquisa de opinião.

Somente 38% das pessoas ouvidas apoiavam a imposição de sanções à Rússia após a movimentação de tropas russas na península da Crimeia em fevereiro. O movimento russo ocorreu após a deposição do presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich.

Quase três em cada quatro alemães querem fornecer apoio financeiro para a Ucrânia, e 62% são a favor de aumentar a pressão política sobre a Rússia, revelou a pesquisa, que foi realizada pela Infratest Dimap para a emissora pública de rádio, televisão e internet ARD. Ao todo, 19% querem expulsar a Rússia do grupo das oito principais economias (G-8). A pesquisa foi realizada com 1.003 alemães entre terça e quarta-feira.

A Alemanha tem pressionado o presidente da Rússia, Vladimir Putin, a estabelecer um grupo de contato para aproximar Moscou e Kiev e tentar resolver o conflito por meios diplomáticos. Philipp Missfelder, porta-voz de política externa do partido de Merkel, alertou na sexta-feira na rede de televisão alemã Phoenix que sanções econômicas teriam repercussões sérias para a Alemanha. Mais de um terço do que a Alemanha importa de gás e petróleo vem da Rússia. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS