PUBLICIDADE
Notícias

China critica fala de Shinzo Abe sobre disputa por ilhas

13:00 | 28/03/2014
A China criticou nesta sexta-feira o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, por supostamente ter feito uma analogia da crise na Crimeia com a disputa dos dois países por ilhas no Mar da China Oriental.

"Se por um lado o líder japonês tenta uma aproximação para melhorar o relacionamento com a China, por outro mancha a nossa imagem no cenário internacional", disse o porta-voz do ministério das Relações Exteriores chinês, Hong Lei, em coletiva de imprensa. "Estas observações mostram que, mais uma vez, o que Abe fez não pode ficar invisível aos olhos da comunidade internacional."

Segunda a agência de notícias Kyodo, Shinzo Abe disse ontem a uma rádio japonesa que levantou a questão da disputa por territórios entre o Japão e a China durante a reunião com os líderes do G-7 (EUA, Canadá, Alemanha, Itália, Reino Unido, França, além do Japão) no começo da semana. "O que está acontecendo na Crimeia não é apenas um problema para a Europa, poderia ocorrer o mesmo na Ásia", disse Abe.

"Nesse sentido, é um problema para toda a comunidade internacional", disse Abe. A agência de notícias Kyodo interpretou a fala do premiê como uma referência às disputas da China com o Japão e outros países asiáticos.

Há anos, o Japão e a China disputam a nacionalidade de um grupo de pequenas ilhas desabitadas no Mar da China Oriental. Nos últimos anos, a tensão entre os países aumentou e despertou o temor de um conflito armado entre as nações. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS