PUBLICIDADE
Notícias

Avanço militar russo na Ucrânia seria 'escalada ultrajante', diz EUA

14:17 | 15/03/2014
Qualquer novo movimento de tropas russas na Ucrânia seria uma "escalada ultrajante" na crise sobre a Crimeia, advertiu neste sábado Samantha Power, embaixadora dos Estados Unidos na ONU.Power fez estas declarações a jornalistas ao ser consultada sobre uma acusação da Ucrânia de que as tropas russas teriam ocupado uma região do sudeste do país, vizinha da Crimeia.

"Devemos estudar" estas informações, acrescentou, após uma votação do Conselho de Segurança sobre um projeto de resolução impulsionado pelos países ocidentais que denunciava o referendo de domingo na Crimeia, e que fracassou pelo veto da Rússia.

A Ucrânia acusou neste sábado a Rússia de ter invadido militarmente seu território com a mobilização de 80 soldados, helicópteros e blindados em uma cidade situada na Ucrânia continental, perto da fronteira administrativa com a península.

"O ministério ucraniano das Relações Exteriores declara que se trata de uma invasão militar russa e pede à Rússia a retirada imediata de suas forças militares do território da Ucrânia", disse em um comunicado. A Ucrânia "se reserva o direito de recorrer a todos os meios necessários para deter a invasão militar russa", ressaltou.

AFP

TAGS