PUBLICIDADE
Notícias

Região turística do Peru enfrenta 2º dia de protestos

02:10 | 27/02/2014
A polícia do Peru entrou em confronto com centenas de manifestantes na região turística de Cuzco, deixando ao menos cinco pessoas feridas em dois dias de protestos.

O protesto foi organizado para demandar que o governo do presidente Ollanta Humala cumpra as promessas de construir projetos de infraestrutura, como um gasoduto e um aeroporto internacional, afirmou o sindicalista Wilfredo Alvarez. A polícia atirou bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes, que estavam armados com paus e pedras.

O vice-ministro de Turismo do Peru, José Gamarra, alegou que a prioridade das autoridades era a segurança dos turistas. A Câmara Nacional de Turismo também repudiou o ato e disse que os manifestantes foram responsáveis por US$ 2 milhões em perdas e que 5 mil turistas estrangeiros não puderam visitar os sítios arqueológicos incas, incluindo Machu Picchu. Fonte: Associated Press.

TAGS