PUBLICIDADE
Notícias

Padre francês julgado por suposto estupro de uma fiel

O padre Daniel Lagnien, de 69 anos, ex-pároco de Moirans-en-Montagne, pode pegar 20 anos de prisão

10:46 | 26/02/2014

Um padre francês compareceu nesta quarta-feira, 26, a um tribunal de Lons-le-Saunier (leste da França), acusado de agressão sexual e estupro de uma de suas fieis, muito religiosa e vulnerável.

O tribunal decidiu que o processo seja realizado a portas fechadas a pedido do advogado da autora da ação, que alegou a fragilidade de sua cliente, uma mulher 39 anos de idade e portadora de transtornos psicológicos.

O padre Daniel Lagnien, de 69 anos, ex-pároco de Moirans-en-Montagne (leste), pode pegar 20 anos de prisão. Ele alega que que a relação com a fiel foi consentida.

Já o advogado de defesa afirma que sua cliente não aceitou a relação e que era virgem antes dos fatos.

Segundo uma fonte judicial, desde que tornou público o caso, a fiel sofre com a perseguição dos habitantes do povoado, privado de um padre desde a saída de Lagnien, que era muito apreciado na paróquia.

AFP

TAGS