PUBLICIDADE
Notícias

Republicano diz ser possível zerar déficit em 10 anos

15:39 | 23/01/2013
O deputado republicano Paul Ryan nesta quarta-feira que é possível equilibrar o orçamento federal em 10 anos sem aumentar impostos, seguindo a promessa feita ontem pelo presidente da Câmara dos Representantes, John Boehner. Ryan afirmou também que espera um "grande adiantamento" no pagamento da dívida do país como resultado do debate fiscal que deve dominar os líderes norte-americanos nos próximos meses.

Segundo o deputado, o adiantamento será possível sem aumento de impostos, reiterando uma condição importante para os republicanos concordarem com a redução do déficit. Ele se negou a quantificar o que queria dizer com um grande adiantamento.

Ryan não forneceu qualquer detalhe sobre como ele e outros líderes republicanos pretendem equilibrar o Orçamento federal em 10 anos. Ele incluiu profundos cortes de gastos que foram amplamente criticados pelos democratas.

O deputado também disse que é favorável à revisão dos cupons de alimentação e de outros programas, mas insistiu que isso não envolveria "reduzir esses programas." Os comentários de Ryan foram feitos antes de a Câmara votar hoje uma lei que suspenderia o teto da dívida por três meses. Ryan disse que pretende trabalhar na Câmara para que a revisão de impostos seja aprovada este ano, também em bases que não aumentam impostos.

Ryan afirmou que não vai insistir no diferencial entre o imposto cobrado sobre a renda de ganhos de capital e renda regular como parte da revisão de impostos. Nos últimos 20 anos, o imposto sobre ganhos de capital foi menor do que o imposto sobre a renda normal. As informações são da Dow Jones.

TAGS