PUBLICIDADE
Notícias

Merkel expressa tristeza com derrota nas eleições

12:35 | 21/01/2013
A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, expressou tristeza com a derrota de seu partido nas eleições estatais na Baixa Saxônia, mas afirmou que ainda há muito trabalho a fazer antes de começar a fazer campanha para as eleições nacionais, previstas para setembro deste ano.

"A situação econômica é frágil, nós queremos ter certeza que o mercado de trabalho realmente fique como está", disse Merkel, na sede de seu partido, o União Democrata Cristã (CDU, na sigla em alemão), em Berlim. Ela acrescentou, "temos meses pela frente em que vamos realizar nossas tarefas, não temos uma campanha (ainda) para a eleição Bundestag" que será realizada mais para frente.

Apesar do CDU ter obtido a maior parcela dos votos nas eleições da Baixa Saxônia, de 36%, que combinada com os 9,9% alcançados pelo seu parceiro na coalizão, os Liberais Democratas, não conseguiu atingir 32,6% mais 13,7% que os Sociais Democratas e os Verdes conquistaram, respectivamente.

O governo liderado pelos Democratas Cristãos perdeu a eleição regional na Baixa Saxônia no domingo por uma cadeira.

"Quanto mais perto se está de uma vitória eleitoral final, mais difícil é aceitar com naturalidade um resultado desses", disse Merkel.

Muitos viram a votação na Baixa Saxônia como um indicador para as eleições gerais esperadas em setembro.

A derrota da coalizão do CDU com o FDP na eleição regional, governada pelo primeiro-ministro de Estado David McAllister, espelha a coalizão que comanda no âmbito nacional, sob Merkel.

A eleição na Baixa Saxônia também deverá ser a última votação regional antes das eleições parlamentares.

Embora Merkel apareça consistentemente como a pessoa política mais popular na Alemanha, a derrota na Baixa Saxônia é um golpe para seu poder, pois proporciona uma maioria forte suficiente para a esquerda iniciar a nova legislação na Câmara Alta do Parlamento, o Bundesrat.

"Agora, com influência ainda maior no Senado para os governos de centro-esquerda, esperamos um impasse político na Alemanha até a eleição geral em setembro", disse o Citi Research em uma nota de pesquisa para investidores.

Durante uma coletiva de imprensa, Merkel apelou aos Sociais Democratas e Verdes para que ajam "de forma responsável" na Câmara Alta. As informações são da Dow Jones.

TAGS