PUBLICIDADE
Notícias

EUA deve permitir participação de mulheres em guerras

08:51 | 24/01/2013
O Pentágono deve revogar nesta quinta-feira a proibição contra a participação de mulheres em conflitos armados, abrindo milhares de posições em frentes de batalha e cargos de comando no Exército, disseram autoridades na quarta-feira. A mudança deve ser anunciada hoje pelo secretário de Defesa, Leon Panetta.

Os militares devem desenvolver planos para permitir que as mulheres busquem posições de combate, afirmou um oficial do Exército. Algumas vagas podem ser abertas ainda neste ano. No entanto, novos cargos em grupos como as forças de operações especiais, incluindo os SEALS, da Marinha, e a Força Delta, do Exército, podem levar mais tempo para serem criados. As instituições de combate terão até janeiro de 2016 para recorrer sobre casos considerados como excepcionais, ou seja, em que as posições devem ficar fechadas para a entrada de mulheres.

As informações são da Associated Press.

TAGS