PUBLICIDADE
Notícias

Cameron faz parceria com Argélia contra terrorismo

22:02 | 30/01/2013
O primeiro-ministro da Grã-Bretanha, David Cameron, disse hoje que seu país e a Argélia vão firmar uma parceria de segurança que visa uma maior partilha de informações de inteligência e um planejamento para evitar futuras crises. A declaração do premiê foi feita durante visita ao país do Norte africano.

A viagem de Cameron à Argélia, na qual foi acompanhado por John Sawers, o chefe da agência de espionagem britânica MI6, veio após o ataque de 16 de janeiro perpetrado por militantes islâmicos à unidade de gás natural Ain Amenas. Houve um cerco de quatro dias do complexo pelas forças argelinas. Pelo menos 37 reféns e 29 militantes morreram.

Em discurso ao lado do primeiro-ministro argelino, Abdelmalek Sellal, Cameron ressaltou a importância de uma "dura e inteligente" resposta à crescente ameaça de militantes islâmicos na região.

"Tanto a Grã-Bretanha quanto a Argélia são países que têm sofrido com o terrorismo, e nós entendemos o sofrimento um do outro", disse Cameron. "O que temos é um acordo de uma reforçada parceria, que analisa a forma de combatermos o terrorismo e de melhorarmos a segurança da região." As informações são da Associated Press.

TAGS