Participamos do

PMs têm nomes retirados de investigação após CGD constatar erro de identificação nas escalas

Procedimento foi aberto contra agentes de segurança, mas foi descoberto que houve erro no envio dos nomes dos policiais escalados naquela ocasião.
08:10 | Abr. 28, 2022
Autor Jéssika Sisnando
Foto do autor
Jéssika Sisnando Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Dois policiais militares que eram investigados por um caso de abordagem policial violenta tiveram seus nomes retirados da investigações pela Controladoria Geral de Disciplina (CGD), após o órgão apurar que as identificações foram inseridas de forma errônea devido problema na solicitação das escalas. As informações foram publicadas no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira, 27.

Os dois soldados tiveram os nomes retirados devido o erro. Já o sargento que também fazia parte da investigação teve o nome retirado por ter morrido, no dia 7 de março de 2022. No lugar deles, as identificações de outros dois soldados foram inseridas. O POVO não divulga os nomes dos outros policiais, pois eles estão na condição de investigados.

O caso aconteceu no dia 20 de junho de 2018, às 23h40min, quando o denunciante informou que foi abordado por PMs na rua Gustavo Barroso, bairro Granja Portugal e foi levado para uma casa abandonada. Diante disso, ele afirmou que foi agredido com chutes, tapas e murros. E disse que sua mãe, ao tomar conhecimento da abordagem policial, foi até a casa abandonada e sofreu um ataque cardíaco. Ela foi conduzida ao Instituto Doutor José Frota (IJF).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Considerando que durante a análise de defesa prévia foi constatado que em fase de investigação preliminar houve um equívoco na solicitação das escalas, assim havendo erro na identificação da autoria; considerando que o fato ocorreu no dia 20 de junho de 2018, por volta das 23h40min; considerando que após a solicitação da escala correta, os policiais militares envolvidos na sobredita abordagem foram identificados (...)", diz a publicação do DOE.

Segundo o documento,  os acusados e/ ou defensores estão cientes que as decisões da CGD serão publicadas no Diário Oficial do Estado. 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar