Participamos do

Em Fortaleza, 1.300 servidores da saúde estão com Covid-19 e foram afastados

O número compreende afastamentos entre os dias 1º e 10 de janeiro de 2022 e foi revelado em live do prefeito da Capital, José Sarto, junto à equipe da Secretaria Municipal da Saúde
13:09 | Jan. 12, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

"Dos profissionais que atendem em hospitais, 700 estão afastados por estarem infectados. Outros 600, que atuam na atenção básica, também estão acometidos de Covid-19", enumerou o prefeito José Sarto (PDT) na manhã desta quarta-feira, 12. "Temos uma demanda maior e um número de profissionais menor. Isso, evidentemente, vai aumentar muito a demanda."

O número compreende afastamentos entre os dias 1º e 10 de janeiro de 2022. "É possível que hoje esteja tudo organizado, com a equipe completa e, de repente, só tenha metade dos profissionais trabalhando em uma unidade e sem condições de reposição", colocou a secretária municipal da Saúde, Ana Estela Leite. "Além da equipe do administrativo."

Diante disso, a Prefeitura Municipal enfatiza que admitiu 57 médicos do Programa Médico Família Fortaleza para compor equipes de busca ativa de pessoas assintomática e também de não vacinadas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags