Participamos do

O POVO vence Prêmio Gandhi de Comunicação 2021

Além da primeira colocação na categoria Conteúdo On-line, O POVO foi destaque nas categorias Fotojornalismo e Jornalismo Impresso
00:21 | Dez. 08, 2021
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A reportagem seriada do O POVO “O impacto da pandemia na carreira das mulheres”, de autoria da repórter Irna Cavalcante, venceu a 14ª edição do Prêmio Gandhi de Jornalismo na categoria conteúdo on-line. A cerimônia de premiação ocorreu nesta terça-feira, 7. A produção vencedora teve edição de Adailma Mendes, Regina Ribeiro e Beatriz Cavalcante, com fotografias e vídeos de Francisco Fontenele e Thaís Mesquita. 

Para Irna, é uma honra receber o Prêmio Gandhi, especialmente com trabalhos que a “ensinaram como jornalista e cidadã”. “Nessa série de reportagens sobre o impacto da pandemia sobre a carreira das mulheres, tive a oportunidade de contar a história de mulheres que, já vinham de uma sobrecarga de tarefas, e com a pandemia tiveram a vida revirada em muitos sentidos, incluindo suas perspectivas de futuro. Falar disso, entender as razões que nos trouxeram até essa desigualdade, e do longo caminho que temos que percorrer para refazer essa trajetória é importante para que não sigamos incorrendo nos mesmos erros”, afirma a jornalista.

O POVO foi destaque ainda nas categorias fotojornalismo e jornalismo impresso. Com terceiro lugar em fotojornalismo para o fotógrafo Fábio Lima, com a fotografia “Um dia para se comemorar”. A imagem foi capa do caderno impresso do Vida & Arte e ilustra a esposa Camille e Cauê, o filho do fotógrafo, em seu primeiro banho de mar após o lockdown de 2020.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O segundo lugar na categoria de jornalismo impresso foi para a repórter Gabriela Custódio, com a reportagem “Esperança vigiada: o que pensam e sentem os vacinadores”, com fotografias de Bárbara Moira. A reportagem traz histórias de profissionais de enfermagem que atuam na vacinação contra a Covid-19 em cidades cearenses e foi publicada na edição impressa do O POVO no último dia 20 de abril.

Já a reportagem seriada “O caminho do Ceará para conquistar o mundo com energia limpa”, também de autoria da repórter Irna Cavalcante, ficou em terceiro lugar na categoria jornalismo impresso. Com dois episódios, a reportagem mostra como o hidrogênio verde, considerado o combustível do futuro, pode levar a economia do Estado a outro patamar. O conteúdo teve edição de Adailma Mendes, Regina Ribeiro e Beatriz Cavalcante, com fotografias de Francisco Fontenele.

Neste ano, o Prêmio Gandhi recebeu 151 inscrições. Ao todo, são entregues R$ 30 mil em premiações, dividido em nove categorias, sendo seis para profissionais: jornalismo impresso; telejornalismo; radiojornalismo; fotojornalismo; comunicação interna e conteúdo on-line, e três para estudantes de Comunicação: trabalho de conclusão de curso; mídia impressa e mídia eletrônica.

Confira a lista dos vencedores

Jornalismo Impresso

1º - Beatriz Jucá, com a reportagem “Faremos de tudo para ter todos de volta: uma rede de estudantes nas ruas para combater a evasão escolar”, publicada no jornal El País Brasil/Ceará.

2º - Gabriela Custódio, autora da reportagem “Esperança vigiada: o que pensam e sentem os vacinadores”, publicada no Jornal O POVO.

3º - Irna Cavalcante, com a reportagem “Hidrogênio Verde: o caminho do Ceará para conquistar o mundo com energia limpa”, publicada no Jornal O POVO.

Fotojornalismo

1º - Fabiane de Paula, Camila Lima e Thiago Gadelha, pela fotorreportagem “O que te faz sorrir?”, publicada no jornal Diário do Nordeste;

2º -José Sérgio da Cunha Júnior, com a foto “Tradução dos carpinteiros navais em Icapuí”, publicada no Jornal Diário do Nordeste;

3º - Fábio Procópio de Lima, com a foto “Um dia pra comemorar”, publicada no Jornal O POVO.

Conteúdo On-line

1º - Irna Cavalcante, com a reportagem “O impacto da pandemia na carreira das mulheres”, publicada no portal O Povo, com edição de Adailma Mendes, Regina Ribeiro e Beatriz Cavalcante; fotografia e vídeo de Francisco Fontenele e Thais Mesquita.

2º - Elizabeth Oliveira, com a reportagem “Campanha em Manaus conecta agricultores orgânicos a comunidades em insegurança alimentar”, publicado no site ((O))Eco, com sede em Niterói (RJ).

3º - André Jonathas Costa, com a reportagem “Abolição no Ceará: histórias de protagonismos de pessoas negras”, publicado no Serifascast, com sede em Fortaleza.

Radiojornalismo

1º - Carla Soraya, Igor Silveira, Tiago Lima e Débora Britto, da Rádio Jovem Pan News, com a série “Geopolítica da fome: de Josué de Castro à pandemia de Covid-19”.

2º - Silvio Augusto Couto, Rafael Luis, Ronaldo César e Jorge Luiz, da Rádio FM Assembleia, com a produção “A vida depois dos 18: um lar para quem não foi adotado”.

3º - Lyana Ribeito, Daniela de Lavor e Beatriz Irineu, da rádio Verdes Mares, com a reportagem especial “Para além de ser”.

Telejornalismo

1º - Lyana Ribeiro, Alessandra Castro, Antônio de Sousa, Aldeson Matos e César Lima, com a produção “Projeto Elas - violência contra a mulher”, exibida na TV Diário.

2º - Amanda Nogueira, Danielle Campos, Tony Arruda, Rômulo Dias, Jarbas Melo e Edson Oliveira, com a produção “Nós existimos”, exibida na TV Fortaleza.

3º - Aline de Oliveira, Alessandro Torres, Camila Lima, Nilton Alves, Susy Costa, Otávio Augusto, Victória Régia, com a produção “Solidariedade na pandemia”, exibida na TV Verdes Mares.

Comunicação Interna

1º - Equipe de Comunicação Interna do Conselho Regional de Corretores de Imóveis, com a produção “Dia Internacional das Pessoas com Deficiência”.

2º - Equipe de Comunicação Interna da FIEC, com a produção “Qualificação profissional nos presídios amplia horizontes de internos cearenses”.

3º - Equipe de Comunicação Interna da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, com a produção “Mais de 850 cestas arrecadadas durante campanha alimentação são entregues às instituições do CEU”.

Estudante - Mídia Impressa

1º - Alunos de Jornal Laboratório da UFC, com a produção “Impressões Sustentabilidade”, com os professores Eugênia Cabral e Edgar Patrício.

2º - Alunos da disciplina Jornalismo Especializado da UNI7, com a reportagem Sobre Vidas - Histórias de Superação em Tempos de Pandemia”, publicada na revista Matéria Prima, com a professora Ana Márcia Diógenes.

3º - Pedro Gehm de Melo Rocha e Beatriz Bandeira de Freitas, com a reportagem “Pobreza menstrual atinge uma entre quatro mulheres no Brasil”, na disciplina de Jornalismo Impresso da Unifor, com o professor Alejandro Sepúlveda.

Estudante - Mídia Eletrônica

1º - Antônio Leonardo de Sousa Reis, que representa a turma do “Laboratório Multimídia”, da UFC, com a produção “Fome de Quê?”.

2º - José William Barros, representante da turma de Telejornalismo II da UFC, com o professor Pedro Vasconcelos, autores da produção “Ocupa Marighella”.

3º - Nathally Kimberly, representante da turma “Formato Sonoro”, da UFC, com o podcast “Essenciais”.

Estudante - Trabalho de Conclusão de Curso

1º - Arthur de Moraes, concludente da Universidade de Fortaleza, com a série de reportagens “Vozes: a identidade indígena dos Jenipapo-Kanindé”, orientado pela professora Vânia Tajra.

2º - Manuela Catalina, autora do trabalho “Presença: a motivação na Educação Básica de Fortaleza”. Aluna da UFC, com orientação do prof. Rafael Rodrigues da Costa.

3º - Lara Elise, aluna da Uni7, com o trabalho “Torcida LGBTQIA+: um estudo sobre a cobertura esportiva da Vozão Pride na final do Campeonato Cearense 2020”, com orientação da professora Eulália Camurça.

Tenha acesso a todos os colunistas. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags