Participamos do

Suspeito de participar de homicídio na Comunidade das Quadras é preso

Motivação do crime teria sido disputa entre facções criminosas
13:55 | Nov. 24, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O trabalho da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) resultou na prisão em flagrante de Kevyn Mesquita Barros, 18 anos. O homem é suspeito de envolvimento em homicídio registrado, nessa terça-feira, 22, na Comunidade das Quadras, Aldeota, de Fortaleza. A captura ocorreu menos de 24 horas após o crime, na madrugada de terça-feira,23, no bairro Cocó. Outro homem investigado por homicídio na região, em maio deste ano, também foi preso na mesma ação.

A ofensiva começou logo após os policiais civis do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) tomarem conhecimento sobre o homicídio na Comunidade das Quadras. Na ocasião, um homem de 27 anos foi morto a tiros por indivíduos em via pública. No local, equipes do DHPP, da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas e realizaram os primeiros levantamentos sobre os fatos. A vítima possuía antecedentes criminais pelos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e roubo.

De posse das informações sobre os suspeitos, Kevyn foi identificado como o autor dos disparos. Ele foi localizado e preso em imóvel no bairro Cocó. Com ele, cinco gramas de cocaína e dois aparelhos celulares foram apreendidos. Diante disso, ele foi conduzido à sede do DHPP, onde foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio doloso. Ainda na unidade especializada, um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) pelo crime de posse de drogas foi lavrado contra ele.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ainda conforme apuração da Polícia Civil, a motivação dos fatos seria a disputa entre grupos criminosos na região. A PC-CE segue realizando ofensivas no intuito de localizar outro envolvido no delito, que já foi identificado. Quando adolescente, Kevyn também era investigado por envolvimento em outros homicídios e sob a suspeita de integrar um coletivo criminoso na Capital.

Segundo a delegada Patrícia Sena, desde o dia do crime a Polícia Civil possuía as informações dos possíveis suspeitos. A motivação é uma disputa de território de uma organização criminosa que tenta tomar a Comunidade das Quadras. Do começo do ano até novembro foram quatro pessoas mortas vítimas desses ataques nas Quadras.

Kevin foi preso em flagrante e a prisão dele foi convertida em prisão preventiva durante audiência de custódia. Ainda adolescente, no mês de maio, ele havia efetuado outro homicídio na mesma comunidade. Ele e outros criminosos costumam invadir a área, atiram aleatoriamente e exclamam mensagens de uma facção criminosa. Familiares conversaram com a Polícia e afirmaram que Oscar, a vítima, havia saído da prisão recentemente e estava preso por tráfico de drogas, mas tentava recomeçar a vida.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags