Participamos do

AMC apreende moto com 187 autuações em Fortaleza; condutor não tinha CNH

Ação da AMC ocorreu no bairro Conjunto Ceará. Condutor não tinha CNH e motocicleta, além de não possuir retrovisores, estava com licenciamento vencido desde 2007
09:33 | Out. 25, 2021
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma motocicleta foi apreendida pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) na manhã do último sábado, 23, com registro de 187 autuações. O condutor não tinha habilitação. O veículo ainda estava sem os retrovisores e com licenciamento atrasado há 14 anos. Ainda segundo a AMC, nos meses de agosto, setembro e outubro de 2021, a fiscalização nas ruas foi intensificada com a Operação Saturação pela vida, que realizou, somente no mês de setembro, 21.057 abordagens de veículos. 

A motocicleta foi removida para o pátio da AMC por conta dos débitos de licenciamento. Além disso, o proprietário do veículo fica com as dívidas atreladas ao nome dele – licenciamento e multas. A motocicleta só pode ser retirada após o pagamento de todo o valor do licenciamento atrasado e todas as multas. Caso contrário, o veículo será leiloado.

A operação é realizada em parceria com a Guarda Municipal de Fortaleza e a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). A medida já mostrou resultado nas estatísticas de trânsito. Com dez mortes, Fortaleza registrou o mês de setembro menos violento nas vias dos últimos 20 anos. Mais vulneráveis, os condutores de motocicletas representaram metade das mortes registradas na capital no mês passado.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS| AMC intensifica operações de trânsito em Fortaleza para reduzir acidentes

A medida já mostrou resultado nas estatísticas de trânsito. Com dez mortes, Fortaleza registrou o mês de setembro menos violento nas vias dos últimos 20 anos. Mais vulneráveis, os condutores de motocicletas representaram metade das mortes registradas na capital no mês passado.

Segundo a AMC, a fiscalização ocorre de maneira preventiva. “Os condutores que desrespeitam as normas de circulação viária arriscam a própria vida e a de várias pessoas no trânsito. Daí a importância da retirada do condutor e do veículo de circulação", explica Juliana Coelho, superintendente da AMC.

Para atender esse público e reduzir o número de acidentes, a AMC tem oferecido gratuitamente o curso de pilotagem segura aos motociclistas. A formação tem como objetivo desenvolver habilidades na condução do veículo para enfrentar qualquer situação no trânsito e estimular um comportamento mais seguro para que não se envolvam em sinistros. Os interessados devem se inscrever no site amctransito.com.br.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente