Participamos do

Suspeito de roubo a bancos com 16 antecedentes criminais é preso

Gilcélio era monitorado eletronicamente e infringiu o perímetro de segurança determinado pela Justiça
17:49 | Set. 22, 2021
Autor Jéssika Sisnando
Foto do autor
Jéssika Sisnando Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Gilcélio da Costa Lima, de 42 anos, suspeito de participar de roubos a banco e com 16 passagens pela Polícia, foi preso nessa terça-feira, 21, no bairro Presidente Kennedy, em Fortaleza. A prisão foi feita pelo Comando Tático Motorizado (Cotam), conforme a Polícia Militar do Ceará.

O homem é conhecido como "Tetinha" e responde inquéritos policiais na Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) e nas Delegacias Metropolitanas de Caucaia e Cascavel pelos crime de roubo a banco, latrocínio, homicídio, dano, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, corrupção de menor, uso de documento falso e resistência.

LEIA MAIS  | Assaltantes presos em ataque a carro-forte possuem mais de 50 antecedentes criminais

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

+ Faccionado preso é suspeito de exigir taxas de empresas de internet no Pirambu

Gilcélio respondia os crimes em liberdade, mas havia medidas impostas pela Justiça. No monitoramento eletrônico, os policiais detectaram que ele infringiu o perímetro imposto pela Justiça. Ele foi abordado e encaminhado ao 10º Distrito Policial (DP), no Antônio Bezerra, onde foi levado à Perícia Forense. O recolhimento ao sistema prisional ficou a cargo da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags