PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Adepol-CE pede que plantão retorne à delegacia do Conjunto Ceará

De acordo com o presidente da Associação, delegado Jaime de Paula Pessoa, a delegacia para onde o plantão foi transferido, no bairro Granja Lisboa, não apresenta condições físicas para ter o plantão

16:26 | 05/07/2021

O presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Ceará (Adepol-CE), delegado Jaime de Paula Pessoa, enviou um pedido para o delegado geral da Polícia Civil Sérgio Pereira para que o plantão volte a acontecer no 12º Distrito Policial, no Conjunto Ceará. O plantão é realizado atualmente no 32º Distrito Policial (DP), no bairro Granja Lisboa, na periferia de Fortaleza. Para Pessoa, a atual delegacia não apresenta condições mínimas. Os problemas, segundo ele, são físicos e estruturais.

Em conversa com O POVO por telefone, o delegado enumerou as questões estruturais do distrito policial. “Os policiais não têm uma sala de descanso com dignidade. As instalações e os móveis estão péssimos”, aponta Pessoa, que, atualmente, responde pelo Departamento de Polícia Judiciária Especializada. Ainda de acordo com o delegado, fora das instalações do Distrito Policial, dezenas de carros apreendidos se acumulam, o que pode ocasionar dengue, zika e chikungunya.

Outro problema apontado pelo delegado é que, no distrito policial, faltam as condições adequadas para sediar um cartório: além da falta de espaço para as lavraturas, há outros elementos, como a grande umidade das paredes. “Não há preparo. Não estamos atrás de luxo, o que pedimos é o mínimo”, informa.

A Adepol Ceará enviou à Delegacia Geral um comunicado avisando de quais as condições são encontradas na delegacia e pedindo medidas urgentes. O documento classifica como “deplorável a realidade da condição de trabalho oferecida aos profissionais que ali exercem suas atividades”.

LEIA MAIS | Celas do Complexo de Delegacias Especializadas são desativadas

Desativados últimos xadrezes de delegacias não plantonistas de Fortaleza

Ofício de Nº 57.2021 foi enviado ao Delegado Geral do Ceará solicitando medidas urgentes. A visita à unidade aconteceu na noite do último dia 29 de junho, após relatos de policiais à Associação. “O ambiente de trabalho na unidade administrativa está além de insatisfatório, sendo indigno, insalubre e inseguro para os profissionais, tanto no expediente quanto nos plantões”, avisa o comunicado.

Procurada, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) informou que realiza um levantamento para identificar as necessidades de reestruturação e de manutenção em cada delegacia da instituição. "Essa ação, que é contínua, acontece por meio de um cronograma que coloca as urgências de cada unidade. A PC-CE reitera que o 32° Distrito Policial, situado no bairro Granja Lisboa, já se encontra incluído como umas das unidades plantonistas que passará por essa manutenção".

A Polícia disse ainda que realiza a remoção periódica de veículos apreendidos em delegacias para depósitos, na Região Metropolitana de Fortaleza. "A PC-CE reforça que esse trabalho segue um cronograma que prioriza especialmente delegacias distritais plantonistas", completa.