PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Idoso vítima de latrocínio conheceu suspeita em um site de relacionamento

A suspeita estava hospedada com o idoso no prédio dele e morreu, junto a um comparsa, em um tiroteio com a Polícia no Pará

14:55 | 02/03/2021

O casal suspeito de latrocínio contra Kléber Arraes, 81 anos, em Fortaleza no último domingo, 28, foi morto no Pará durante confronto com a Polícia, nessa segunda-feira, 1º. Eles estavam no carro da vítima quando foram interceptados pelos agentes. Kléber conheceu a mulher de 36 anos, suspeita do latrocínio, pela internet, em um site de relacionamentos. A mulher estava hospedada na casa do idoso, no Centro. Ele foi amarrado, amordaçado e encontrado morto com um ferimento na cabeça.

“Eles mataram a vítima, roubaram o veículo dela e foram em direção ao estado do Pará. A Polícia Civil do Ceará fez todo o trabalho de inteligência e detectou o local rastreando o veículo”, informa titular da 4a Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do Ceará, Patrícia Sena. Antes de realizar a prisão, houve um confronto com os policiais militares e o casal acabou morto. De acordo com a delegada, Kléber possuía imóveis e um sítio. 

Ainda segundo Sena, o idoso usava bengala, tinha dificuldades de locomoção e a mulher beneficiando-se de estar hospedada na residência dele planejou o latrocínio. “Eles se aproveitaram da fragilidade do idoso e provavelmente podem ter agredido com algum objeto pontiagudo na cabeça", diz.