Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Águas da transposição são liberadas do Cinturão das Águas e chegam ao Castanhão em 30 dias

O período chuvoso ajudará com que as águas cheguem ao maior reservatório do Estado em menos tempo. Isso ocorre porque, com as precipitações, as calhas dos rios ficam úmidas e com algum fluxo natural

As águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf) foram liberadas nesta segunda-feira, 1º, para o Açude Castanhão, maior reservatório do Estado, com capacidade para 6,7 bilhões de metros cúbicos (m³). A liberação aconteceu com abertura da comporta no quilômetro 53 do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), no município de Missão Velha. A previsão é que as águas cheguem ao Castanhão em 30 dias.

Em nota, a Secretária dos Recursos Hídricos (SRH) disse que o período chuvoso ajudará com que as águas cheguem mais rápido ao reservatório. O órgão explicou, por meio de sua assessoria, que com as precipitações as calhas dos rios ficam úmidas e com algum fluxo natural, evitando perdas por infiltração, evaporação e retiradas ilegais — já que com as chuvas não é preciso mais água para a irrigação. Caso fosse realizado no segundo semestre, as águas demorariam mais para chegar.

Para chegar ao Castanhão, as águas percorrerão um total de 300 quilômetros, passando pelo Riacho Seco, rio Salgado e rio Jaguaribe. Após chegar ao açude, a água chegará também aos reservatórios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), por meio do Eixão das Águas. No total, 4,5 milhões de cearenses serão beneficiados, de acordo com a SRH.

O titular da pasta, Francisco Teixeira, disse que a chegada das águas aumentará a garantia da oferta hídrica tanto para a RMF como para o uso rural e o abastecimento urbano do Cariri, do Médio Jaguaribe e do Baixo Jaguaribe. Além disso, a liberação permitirá a realização de testes na estrutura do CAC entre os reservatórios Jati e Castanhão. O Governo Federal já repassou R$ 1,18 bilhão para o CAC, que tem 65,41% de execução da obra, de acordo com nota do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

O Eixo Norte do Pisf, que favorece o Ceará, possui 260 quilômetros de extensão, três estações de bombeamento, 15 reservatórios, oito aquedutos e três túneis. Todas as estruturas responsáveis pela passagem de água até o reservatório Caiçara, fundamental para a distribuição das águas, estão concluídas. Restam apenas serviços complementares e a recuperação da tubulação em Atalho, onde três pessoas morreram após rompimento de uma tubulação no dia 8 de fevereiro.

O nível do reservatório segue caindo ao longo dos anos.
O nível do reservatório segue caindo ao longo dos anos. (Foto: Reprodução/Portal Hidrológico)

Atualmente, o Castanhão tem volume de 10,1% de sua capacidade total — quantidade equivalente a cerca de 677 milhões de metros cúbicos. Mesmo com o início da quadra chuvosa deste ano, o açude não teve aportes significativos e segue com volume em queda desde junho do ano passado, quando o volume correspondia a aproximadamente 16% da capacidade. Os dados são do Portal Hidrológico do Ceará.

Leia Mais | Entenda o histórico da Transposição do rio São Francisco

Transposição do Rio São Francisco reflete disputas políticas históricas no Brasil

Conheça o caminho das águas da transposição do São Francisco até Fortaleza

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar