Participamos do

Grupo suspeito de arrombar apartamentos em Fortaleza é preso em MS

Segundo a Polícia, os suspeitos são apontados como autores de furtos que totalizam mais de R$ 500 mil. Quatro homens foram detidos em Campo Grande, em MS
09:15 | Fev. 10, 2021
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Quatro homens foram presos, no Mato Grosso do Sul, suspeitos de arrombar apartamentos em Fortaleza e furtar cerca de R$ 500 mil em joias. As investigações iniciaram no final do mês de janeiro e resultaram na captura dos suspeitos, no último dia 2, quando foram localizados em uma casa em Campo Grande (MS). Os jovens presos foram identificados pela Polícia como Rodrigo Silva, 29, Hussein Mofid Essa Alssabak, 29, Robson Radamés da Silva de Farias, 23, naturais de São Paulo, e o alagoano Ewerton Wesley da Silva Santos, 21.

De acordo com a Polícia, o trabalho foi realizado por meio compartilhamento de informações entre as Polícias Civis do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), e do Mato Grosso do Sul (PCMS), por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras). Os quatro homens são suspeitos de envolvimento em um esquema interestadual de arrombamento de apartamentos para roubo de joias.

LEIA MAIS| Preso em Fortaleza grupo especializado em furto de joias em apartamentos de luxo

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Apartamento de Luizianne é alvo de tentativa de arrombamento

O grupo é suspeito de realizar quatro furtos mediante arrombamento em apartamentos em Fortaleza, entre os dias 17 e 25 de janeiro. Eles entravam em condomínios e apertavam campainhas para saber se tinha alguém no local. Quando ninguém respondia no apartamento, eles iniciavam o arrombamento. Logo após os crimes, a DRF foi acionada e passou a investigar. A Polícia descobriu que os envolvidos não são cearenses e que agem de maneira similar em vários estados. Após investigações, o grupo foi localizado em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, onde se preparava para agir novamente. A quadrilha estava em uma casa de veraneio e usava um o veículo de uma locadora, que acabou apreendido na ação. Os homens não reagiram à prisão.

As investigações apontam que Rodrigo Silva e Ewerton Wesley tiveram participação direta nos arrombamentos praticados em Fortaleza. A Polícia Civil segue investigando para identificar outros envolvidos nas ações.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags