Participamos do

Castelão e Centro de Eventos serão locais de vacinação contra Covid-19 em lotes futuros

O plano de vacinação foi anunciado, na tarde desta segunda-feira, 18, pelo prefeito Sarto Nogueira e pela titular da pasta, Ana Estela
16:12 | Jan. 18, 2021
Autor Ana Rute Ramires
Foto do autor
Ana Rute Ramires Repórter da editoria de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A vacina contra a Covid-19 em Fortaleza será aplicada primeiro em profissionais de saúde, nos próprios locais de trabalho. Em fase posterior, haverá vacinação de idosos em asilos e, em outro momento, vacinação domiciliar. Quando a vacinação se estender a outros públicos, serão locais de vacinação Cuca do Jangurussu, Cuca Mondubim, Cuca José Walter, Cuca Barra do Ceará, Centro de Eventos, estádio Castelão, estádio Presidente Vargas e ginásio Paulo Sarasate. 

FIQUE POR DENTRO | Confira aqui o que se sabe até agora sobre a vacinação no Estado

Fortaleza vai receber em torno de 80 mil doses para vacinar 40 mil pessoas. Como não é o suficiente para vacinar toda a população prevista na fase 1, vão ser priorizados os médicos de linha de frente no combate à Covid-19. O plano de vacinação foi anunciado em coletiva, na tarde desta segunda-feira, 18, na Secretaria Municipal de Saúde (SMS) pelo prefeito Sarto Nogueira e pela titular da pasta, Ana Estela.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A secretária frisou que a população não deve procurar postos de saúde nas fases prioritárias. "Temos um número significativo de pacientes com suspeita de síndrome gripal nos postos de saúde. A gente levar essa população de maior risco aos postos seria um risco totalmente desnecessário", disse. 

A imunização começará em enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva de Covid-19 da Capital; pelos profissionais que fazem o transporte de pacientes; Unidades de Pronto Atendimento (UPAs); emergências de hospitais; vacinadores; laboratórios de biologia molecular; centros de coleta, testagem e atendimento Covid-19; profissionais da Estratégia de Saúde da Família.

Pessoas com deficiência acima de 18 anos que vivem em instituições de longa permanência foram incluídas no grupo 1, que já era composto por idosos a partir de 60 anos que também vivem em instituições. Esse grupo e população indígena serão vacinados in loco e os idosos a partir de 75 anos, em domicílio. Vacinação dos grupos prioritários das fases 2, 3 e 4 será agendada, seja domiciliar ou nos centro de vacinação. O agendamento pode ser feito pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza ou pelo site Vacine Já. Durante o agendamento, o aplicativo irá direcionar a vacinação para o local mais próximo do paciente, evitando que a população saia de casa. 

Locais de vacinação

De acordo com o Plano Municipal de Imunização, primeiramente os locais de vacinação na Capital serão "Estádios Presidente Vargas, Bom Jardim e Castelão, Ginásios Paulo Sarasate, Aécio de Borba e Parangaba, CUCA Jangurussu, CUCA Mondubim, CUCA José Walter, CUCA Barra do Ceará, Campus Universitários (UNIFOR, UECE, UFC, UNICHRISTUS e UNIFAMETRO), Centro de Eventos, Policlínicas (finais de semana), Cambeba, Academia de Professores".

Veja as fases dos grupos prioritários:

Fase 1

Trabalhadores da saúde

Idosos com 75 anos ou mais

Idosos a partir de 60 anos e pessoas com deficiência acima de 18 anos que vivem em instituições de longa permanência

Indígenas

Fase 2

Idosos de 60 a 74 anos

Fase 3

Pessoas com comorbidades

Fase 4

Professores

Policiais

Profissionais de salvamento

Funcionários do sistema prisional

Pessoas privadas de liberdade

Com informações da repórter Gabriela Custódio 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente