PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Polícia Civil fiscaliza sucatas em Fortaleza para combater roubo de veículos

A operação ocorreu nos bairros pertencentes à Área Integrada de Segurança 5 (AIS 5) na Capital, como Couto Fernandes, Itaperi e Panamericano

20:00 | 11/01/2021
Segundo o delegado Pedro Viana, da DRFVC, criminosos usam sucatas
Segundo o delegado Pedro Viana, da DRFVC, criminosos usam sucatas "para desmanchar e descaracterizar veículos" (Foto: DIVULGAÇÃO SSPDS)

A Polícia Civil do Ceará investiga a relação entre o material vendido em sucatas de Fortaleza e o roubo de veículos registrados. Os estabelecimentos podem, eventualmente, servir de prateleira para comercializar peças avulsas retiradas em desmanches automotivos. No último sábado, 9, a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Carga (DRFVC) realizou operação de fiscalização em algumas sucatas da Capital, para combater o roubo e furto de todo tipo de veículo.

A operação ocorreu nos bairros pertencentes à Área Integrada de Segurança 5 (AIS 5) na Capital, como Couto Fernandes, Itaperi e Panamericano, e foi divulgada nesta segunda-feira, 11.

Conforme a Polícia, o objetivo da operação foi identificar locais que trabalham diretamente com grupos criminosos atuantes em roubos de veículos e cargas no Estado do Ceará. Os policiais foram em alguns pontos que trabalham com peças antigas de veículos. Na ocasião, os estabelecimentos passaram por vistoria para identificar se as peças mantidas no local fazem parte de veículos com registro de roubo ou furto no Ceará.

Segundo o delegado da DRFVC, Pedro Viana, esse tipo de fiscalização é fundamental para coibir os roubos e furtos de veículos. “Fomos a esses estabelecimentos para lembrar que buscamos identificar quais locais os veículos são levados após serem roubados. Sabemos que os suspeitos buscam esses espaços para desmanchar e descaracterizar os veículos. Então, é necessário intensificar esse tipo de operação visando, principalmente, à diminuição de roubo de veículos em nosso Estado”, explica.

Denúncias

Além das investigações da Polícia Civil, a população pode contribuir com os trabalhos policiais repassando informações que auxiliem na localização de pessoas envolvidas nessa ocorrência.

As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou ainda pelo telefone (85) 3101-2489, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC). Conforme o órgão, o sigilo e o anonimato são garantidos.