PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Estelionatários praticam golpe de "venda" de CNH, alerta Detran

Golpistas usam as redes sociais e programas de mensagem instantânea, a exemplo do WhatsApp, para praticar o crime

13:40 | 15/12/2020
Golpistas usam redes sociais para oferecer emissão ilegal do documento (Foto: Romário Pinheiro/Detran-CE)
Golpistas usam redes sociais para oferecer emissão ilegal do documento (Foto: Romário Pinheiro/Detran-CE)

Um novo tipo de golpe começa a se espalhar para quem insiste em burlar o processo legal: oferta de "venda" de Carteira Nacional de Habilitação (CHN). O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) alerta que estelionatários estão se espalhando em páginas da Internet para aplicar o golpe.

Conforme o próprio Detran, golpistas usam as redes sociais e programas de mensagem instantânea, a exemplo do WhatsApp, para aplicar o golpe. Eles se passam por funcionários do Departamento e oferecem a venda do documento sem passar pelas aulas e exames exigidos por lei para receber a CNH.

Depois de trocar mensagens, os golpistas solicitam que os interessados efetuem o pagamento para que a CNH seja emitida. Com o pagamento feito, eles desfazem o contato e o documento não é entregue.

LEIA TAMBÉM | Golpes virtuais explodem no Brasil durante a pandemia

Diretor jurídico do Detran-CE, Daniel Paiva afirma que várias denúncias sobre ocorrências desse tipo estão sendo realizadas nesse período de fim de ano. "O Detran-CE alerta que para se obter a CNH, o procedimento é uniforme em território nacional. É preciso buscar uma autoescola, om formação teórica e aulas práticas", afirma. Só depois da prova de legislação e prática o documento é emitido.

"Todas essas etapas são registradas no Detran-CE. Quando alguém chega a ofertar CNH sem passar por isso, fica fácil flagrar o crime porque o documento não terá veracidade", pontua o diretor jurídico. "O (criminoso) vai sumir depois do pagamento e o cidadão vai cair em si que acabou de cair em um golpe".

"Alerto ainda, inclusive, que quem busca essa facilidade estão sendo coniventes com esse crime e estão incentivando que golpistas continuem a prática", conclui Daniel Paiva. Ainda assim, o Detran-CE informou não ter flagrado nenhum documento de habilitação falso nas fiscalizações. O que mostra, para o departamento, segurança no processo oficial de emissão.

+ Um guia sobre como se proteger de golpes durante a pandemia

Em nota, o Detran-CE destaca que o cidadão que opta por adquirir uma CNH de forma ilegal também pode ser responsabilizado criminalmente e reforça a necessidade de denunciar à polícia caso se depare com alguma oferta. A Ouvidoria do Detran-CE atende pelo número 155.