PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Associação disponibiliza 100 mamografias gratuitas durante mês de outubro; saiba como participar

Devido os cuidados necessários nesse momento de pandemia, os exames serão feitos mediante agendamento pelo telefone (85) 3521-1547. É necessário apenas que o paciente esteja com o encaminhamento médico

Gabriela Feitosa
13:15 | 24/09/2020
MAMOGRAFIA deve ser realizada anualmente em mulheres acima de 40 anos, mesmo sem sintomas (Foto: Mauri Melo)
MAMOGRAFIA deve ser realizada anualmente em mulheres acima de 40 anos, mesmo sem sintomas (Foto: Mauri Melo)

A Associação Nossa Casa, em apoio à Américas AmigasFederação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) e em parceria com a ONG Américas Amigas, vai disponibilizar 100 mamografias gratuitas à população durante o mês de outubro. A Associação está lançando sua campanha nacional “3 Perguntas que Salvam - #PerguntaPraEla”, com o propósito de contribuir para o debate sobre a necessidade de rastreamento e diagnóstico precoce do câncer de mama. Ao todo, serão três principais ações gratuitas.

A primeira ação é a de consultas gratuitas. Os 100 exames serão feitos mediante agendamento pelo telefone (85) 3521-1547. É necessário apenas que o paciente esteja com o encaminhamento médico.

Daniele Castelo Branco, vice-presidente da Nossa Casa, conta que todos os anos a Associação se mobiliza para realizar uma campanha de conscientização sobre o câncer de mama. Com a pandemia, no entanto, as ações precisaram ser revisadas. Ela ressalta a importância do exame. "Toda mulher, a partir dos 40 anos, deve fazer uma mamografia anual. Essa é a única forma que ela tem de descobrir o câncer no estágio inicial da doença. Quando descobre a partir do nódulo, muitas vezes o câncer já está em estágio avançado", explica. Segundo Daniela, maioria das mulheres acolhidas na casa chega a partir da presença do nódulo.

"Esse ano tivemos outro agravante. Por conta da pandemia, muitas mulheres não foram realizar os exames de rastreamento porque estavam com medo de contaminação e muitos serviços também fecharam suas portas ou reduziram atendimentos", alerta a vice-presidente da Nossa Casa. A ideia de doar essas mamografias é exatamente para ajudar essas mulheres que ainda não fizeram o exame ou estão com dificuldade de marcar no Sistema Único de Saúde (SUS), garante Daniela, que também é terapeuta ocupacional.

Dados da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) mostram que as mulheres reconhecem a mamografia como melhor exame para identificar a doença, mas apenas 46,2% delas realizam o exame uma vez ao ano. E 27% delas nunca o fizeram. Os motivos são os mais diversos, segundo pesquisa: dificuldade de acesso (64,9%), medo de encontrar alguma coisa (54,5%), não sabem como se detecta a doença (54%), demora para agendamento de consulta (45,6%) e experiências negativas com exames anteriores (34,2%).

A Nossa Casa também tem um Centro de Imagem onde os exames serão realizados. O endereço é rua Francisco Calaça, 1300, no bairro Álvaro Weyne. Segundo a Associação, serão seguidas todas as normas de segurança, higiene e saúde. Para evitar aglomeração, os exames serão agendados e distribuídos durante o mês de forma a não chocar horários. "Eu preciso que a mulher tenha o pedido para a realização da monografia. Pode ser do posto de saúde, não tem problema", conta Daniela. No dia da realização do exame com a Nossa Casa, essa solicitação deve ser levada, assim como outros exames antigos que a pessoa venha a ter.

O resultado deve sair na semana seguinte à realização do exame. Podem participar mulheres a partir de 40 anos. Não é necessário ter alguma suspeita de câncer, como aparição de nódulos. Fortaleza, em 2019, teve uma cobertura de mamografias muito baixa, segundo a Associação: 17%. O Ministério da Saúde recomenda pelo menos 70% de cobertura. Os casos que forem detectados com a mamografia serão encaminhados ao Centro Regional Integrado de Oncologia (Crio), que também é parceiro da Associação. "Nós estamos doando exames, mas não vamos deixar sem orientação. A gente vai garantir o seguimento do tratamento", acrescenta Daniela.

> Recomendações para pacientes:

- Marcar com antecedência;
- No dia da consulta, se estiver com suspeita de Covid-19, não comparecer;
- Levar exames anteriores;
- Se possível, ir só. Acompanhantes não serão permitidos para evitar aglomeração.

Outras ações

 

A segunda ação que irá ocorrer é o I Encontro para pacientes com câncer de mama, nos dias 05 e 06 de outubro, por transmissão online e gratuita. Objetivo é debater os temas que envolvem a jornada de uma paciente com câncer de mama e promover um espaço de compreensão sobre a doença e diferentes tipos de tratamentos, bem como orientações sobre qualidade de vida e de direitos de acordo com a fase que estão vivendo. Esse evento é destinado para pacientes com câncer de mama e seus familiares, bem como estudantes e profissionais de saúde que se interessem pelo tema!

> Link para a inscrição

A terceira ação é a exposição “Reflorescer” que estará aberta para visitação no Sesc-Centro (Rua 24 de Maio, nº 692), com início dia 02 de outubro. A exposição permanece durante todo o mês para visitação gratuita, de segunda a sexta, das 08h às 20h.

Em meio a cores, alegria e criatividade, mulheres que passaram ou estão passando pelo tratamento do câncer de mama, bordam seus próprios seios e entre linhas e tecidos descrevem suas histórias de vida e superação. O trabalho exposto pelas mulheres, em sua maioria mastectomizadas, foi criado pela professora Iara Reis. 

Além das ações citadas acima, haverá também vendas de blusas e máscaras rosa no endereço da Associação e outros pontos de vendas. Por conta da pandemia, esse ano a Associação está disponibilizando palestras online e gratuitas. Para adquirir, basta entrar em contato pelo telefone e/ou WhatsApp do Setor de Marketing (85) 9.9690-0550.

Sobre a Nossa Casa

 

A Associação Nossa Casa de Apoio a Pessoas com Câncer tem por missão oferecer serviços humanizados e especializados em Assistência Social e Saúde às pessoas com câncer, além de desenvolver ações de prevenção e informação junto à comunidade no estado do Ceará. Fundada em 2004, a Nossa Casa é uma organização sem fins lucrativos, reconhecida de utilidade pública, estadual e possui a Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social – CEBAS. Surgiu através da iniciativa e união de esforços da sociedade civil, para atender os pacientes provenientes do Sistema Único de Saúde – SUS que apresentam inúmeras dificuldades socioeconômicas, além do enfrentamento da doença, o que motivou a criação da Associação.

Todos os serviços oferecidos pela Associação são gratuitos e estão distribuídos em quatro programas: Assistência; Reinserção Social; Lazer e entretenimento, Educação em Saúde e Advocacy. Os serviços são oferecidos de acordo com os recursos disponíveis, pois a associação depende de doações e voluntariado.

> SERVIÇO:

Ações Outubro Rosa 2020:

1- 100 Mamografia gratuitas à população (durante mês de outubro);

2- I Encontro para pacientes com câncer de mama (05 e 06/10 – online e gratuito);

3- Exposição “Reflorescer” (de 02 a 31 de outubro, das 08h às 20h – de segunda a sexta – gratuito)

> Telefone (85) 3521-1547