PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Dupla suspeita de latrocínio que vitimou PM em Cascavel é detida; MPCE pede prisão preventiva

Os dois são apontados por integrar uma facção criminosa. Eles são suspeitos do assalto que terminou na morte do policial militar Frank Dellano Nunes

Jéssika Sisnando
23:42 | 23/09/2020
Frank Dellano foi interceptado por assaltantes que fizeram uma barreira na via.   (Foto: via WhatsApp O POVO )
Frank Dellano foi interceptado por assaltantes que fizeram uma barreira na via. (Foto: via WhatsApp O POVO )

Romário Pereira Silverio e Lucas Salviano da Silva foram presos em flagrante pelo latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou o policial militar Frank Dellano de Almeida Nunes, de 25 anos. O agente de segurança foi morto no último dia 20 de setembro, em Cascavel, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), ao ter o carro interceptado por assaltantes. No documento do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) obtido pelo O POVO, o órgão opina pela homologação do ato, não sendo caso de relaxamento da detenção. O MPCE pede pela prisão preventiva.

Romário e Lucas  são citados como integrantes da facção Comando Vermelho (CV), sendo que o primeiro confessou e o segundo negou participar da organização criminosa. Lucas afirmou conhecer um indivíduo chamado Mequias, que é o chefe da facção em Cascavel. Há ainda um vídeo em que Lucas e outros homens participam das imagens portando armas de fogo de grosso calibre. Lucas admitiu que o vídeo foi gravado na sua residência.

LEIA MAIS: 

Dois PMs são mortos em menos de 24 horas; em 53 dias, cinco agentes de segurança são vítimas

 Quatro agentes de segurança são vítimas de latrocínio em 52 dias

As investigações apontam que, além do crime de latrocínio, os acusados são apontados por roubos na mesma localidade. Os dois também foram autuados com base no artigo 2 da Lei nº 12.850, que é referente a promover, constituir ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa.

O crime

O policial foi atacado por assaltantes na localidade de Cristais, em Cascavel. O caso ocorreu na madrugada do dia 20. A vítima seguia com amigos em um automóvel quando se deparou com uma barreira feita com pneus e pregos. Os criminosos surpreenderam os ocupantes do veículo e Frank tentou reagir, mas foi baleado. Ele foi socorrido e encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas chegou no local morto.

Prisões

Em nota divulgada no Boletim da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o órgão afirma que, nesta quinta-feira, 20, divulga o trabalho que resultou na prisão dos dois suspeitos no envolvimento do latrocínio que vitimou Frank. Ainda durante as ações, houve a prisão de um suspeito de integrar a organização criminosa que atua em Cascavel. A coletiva de imprensa será às 10 horas, no auditório do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Fortaleza.