PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Polícia investiga maníacos sexuais por crimes contra mulheres em ruas de Fortaleza e Caucaia

Os crimes sexuais causam medo e tiram o direito de ir e vir das mulheres. Os homens atuam em carro e motocicleta abordando vítimas

Jéssika Sisnando
21:56 | 22/09/2020
Automóvel Fiat de cor branca é usado por criminoso para atacar mulheres no Henrique Jorge, em Fortaleza  (Foto: reprodução/vídeo )
Automóvel Fiat de cor branca é usado por criminoso para atacar mulheres no Henrique Jorge, em Fortaleza (Foto: reprodução/vídeo )

Dois maníacos sexuais distintos agindo em um carro e o outro em uma motocicleta na Capital e em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), têm causado medo e preocupação nas mulheres. A Polícia Civil investiga os respectivos casos e as vítimas denunciam em Boletins de Ocorrências (B.Os) os crimes sexuais.

Um do casos é uma tentativa de estupro que aconteceu nesse domingo, 20, contra uma mulher no bairro Henrique Jorge. O criminoso estava em um Fiat branco e atacou a vítima quando ela voltava da padaria, no começo da manhã. O homem tentou colocar a mulher a força dentro do carro, mas ela entrou em luta corporal e conseguiu fugir. O Boletim de Ocorrência (B.O) foi registrado no 5º Distrito Policial, Parangaba, mas o caso foi encaminhado ao 27º DP, no Henrique Jorge.

Diante do caso, que foi flagrado por câmeras de segurança, outra vítima afirmou ter sido vítima do mesmo homem, sendo que na avenida Fernandes Távora, também no bairro Henrique Jorge.

A população pode contribuir com denúncias que podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o número (85) 3101-5663, do 27° DP.

O criminoso que age em Caucaia atua em uma motocicleta e ataca mulheres na rua
O criminoso que age em Caucaia atua em uma motocicleta e ataca mulheres na rua (Foto: reprodução/vídeo )

Já o segundo maníaco age em uma motocicleta. Ele atua em Caucaia. Uma das vítimas foi abordada por ele no dia 13 deste mês, no bairro Nova Metrópole. O homem parou na moto e tocou as partes íntimas dela em via pública.

Imagens de câmeras de segurança também flagraram esse crime e a vítima identificou outras cinco mulheres que sofreram com a mesma situação. O caso de importunação sexual é investigado pelo 23º Distrito Policial.

LEIA MAIS: 

Polícia investiga guru de comunidade em Fortaleza após denúncias de crimes sexuais; três pessoas já foram ouvidas

Mulher tortura vítima de estupro, corta cabelo e publica ação criminosa nas redes sociais

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (85) 3101-7926, da DDM de Caucaia.