PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

"Estão acusando ele de uma tentativa de homicídio, mas não foi ele", diz esposa de ambulante

João Vitor foi alvo do cumprimento de mandado de prisão referente a uma tentativa de homicídio

21:09 | 28/08/2020

Iza Maria é esposa do ambulante João Vitor, que protagonizou uma das cenas mais comentadas nas redes sociais. O ambulante teve seu carrinho de frutas jogado no chão por um policial militar, que foi afastado após a ação. Tudo foi filmado e amplamente compartilhado.  Nesta sexta-feira, 28, após a repercussão do caso, João foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva por tentativa de homicídio.

A esposa afirmou que, após o caso com o carrinho de frutas, ele foi chamado pela Polícia para depor e falar sobre a situação. Nesta sexta-feira, 28, ele foi preso. "Ele ficou preso, detido, por conta que estão acusando ele por uma tentativa de homicídio. Mas não foi ele, nas filmagens não aparece ele, estão só acusando", defende a companheira.

João Vitor foi para o Complexo de Delegacias Especializadas (Code) e em seguida encaminhado à Delegacia de Capturas (Decap). Ele havia recebido inúmeros presentes que iriam ajudá-lo no trabalho como vendedor de frutas e verduras após muitas pessoas se sensibilizarem com a situação. Ele havia dado entrevista ao O POVO afirmando que tinha medo de retaliações após a repercussão do caso.