PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Mãe e filha são presas com celulares roubados e R$ 24 mil em dinheiro

As suspeitas foram autuadas em flagrante por crime de receptação

20:27 | 24/08/2020
Polícia Civil divulgou a apreensão do dinheiro  (Foto: foto: Jéssika Sisnando )
Polícia Civil divulgou a apreensão do dinheiro (Foto: foto: Jéssika Sisnando )

Mãe e filha foram presas na última quinta-feira, 21, com celulares roubados e R$ R$ 23.888 em espécie. A Polícia Civil investiga possível esquema entre as suspeitas e criminosos especializados em roubos de celulares nas imediações do bairro Aldeota, em Fortaleza. Foram presas Diana Fernandes de Brito, de 43 ano, e Tamara de Brito Nobre, de 20 anos. O caso foi divulgado nesta segunda-feira, 24, pelo 2º Distrito Policial (DP), na Aldeota.

Vítima registrou Boletim de Ocorrência (BO), em agosto do ano passado, no 2º DP após ter sido vítima de roubo de celular na Beira-Mar. A Polícia Civil pediu as imagens que mostram o crime e identificaram a placa de uma motocicleta. A partir disto, os agentes pediram mandados de busca e apreensão para a casa dos suspeitos e da proprietária do veículo (a filha). Ao chegar no local, em Caucaia, foram encontrados dois celulares roubados e o dinheiro.

A dona da motocicleta e a mãe receberam voz de prisão e não conseguiram confirmar a procedência do dinheiro. As duas trabalham em um box de aparelhos celulares no Centro de Fortaleza. Ambas foram autuadas por receptação de material roubado. De acordo com o delegado Felipe Porto, do 2º DP, possivelmente, elas receberam os aparelhos no trabalho.

De acordo com o delegado, a filha diz ter se desfeito da motocicleta, mas não conseguiu comprovar a compra e venda do veículo. Outros seis celulares encontrados serão analisados. Agora, a Polícia Civil vai trabalhar para descobrir se há relação do trabalho delas em venda de equipamentos com os roubos de celulares.

O delegado destaca que é importante a lavratura do Boletim de Ocorrência (BO) com o número de Imei do aparelho para que a Polícia possa investigar e elucidar casos de roubo de celular.