PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Motoristas de aplicativo realizam protesto após profissional ser encontrado morto

Jéssika Sisnando
18:08 | 13/08/2020
O protesto ocorreu na 
tarde de ontem (Foto: WhatsApp O POVO)
O protesto ocorreu na tarde de ontem (Foto: WhatsApp O POVO)

Motoristas de aplicativo se reuniram nesta quinta-feira, 13, para protestar após a morte do motorista de aplicativo Alexandre Hablich Fernandes, 32. O profissional estava desaparecido desde a segunda-feira, 10.

Nesta tarde, os veículos transitaram no entorno da Arena Castelão com o nome "luto" nos vidros e também levaram balões pretos. A reivindicação dos profissionais é por mais segurança. O fim da manifestação é na Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), situada na avenida Bezerra de Menezes.

Durante os dois dias de desaparecimento de Alexandre, a esposa e parceiros de aplicativo realizaram uma corrente de divulgação nas redes sociais na tentativa de encontrá-lo. O motorista foi visto pela última vez no bairro Mondubim, no dia 10.

O profissional foi encontrado morto na noite da última quarta-feira, 12, em Itaitinga. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O automóvel que ele utilizava para o trabalho ainda não foi localizado.

No dia 31 de julho, O POVO noticiou o caso do motorista de aplicativo que levou seis tiros e teve se fingir de morto para sobreviver a um ataque de facção em Fortaleza. A situação também foi comentada por profissionais de aplicativo que lamentaram a falta de segurança.