PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

SPS: 790 jovens do Programa Superação recebem quarta parcela da bolsa de estudos

Além do auxílio financeiro, os participantes estão recebendo pares de tênis e meiões, do Governo do Ceará

Ismia Kariny
14:31 | 12/08/2020

Quarta parcela da bolsa de estudos é paga aos 790 jovens participantes do Programa Superação, promovido pelo Governo Estadual. O projeto assiste adolescentes de 15 a 19 anos, em situação de vulnerabilidade social, com o valor da bolsa em até R$ 200. Além do auxílio financeiro, os participantes estão recebendo pares de tênis e meiões, da vice-governadoria do Ceará, em parceria com secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS).

O investimento do Governo do Ceará é da ordem de R$ 143.450,00. No total, já foram investidos R$ 532 mil em bolsas de estudo, para jovens que não estudam ou trabalham. O Superação prioriza adolescentes residentes nas áreas mais vulneráveis dos bairros Vicente Pinzón, Cais do Porto, Mucuripe, Granja Lisboa, Bom Jardim, Genibaú, Autran Nunes, Conjunto Ceará, São Miguel/Curió e Barra do Ceará.

Leia também | Prefeitura de Fortaleza promove virtualmente o Viradão da Juventude 2020 a partir desta quarta

Neste mês de agosto, os jovens iniciam as atividades de formação cidadã e as oficinas de inclusão social e produtiva. “O Superação é um programa inovador, que olha e atende os jovens que mais precisam. Nossa juventude precisa de oportunidades para desenvolver habilidades e buscar seu espaço no mercado de trabalho”, destaca a titular da SPS, Socorro França, em nota.

Conforme a coordenadora de Inclusão Social da SPS, o objetivo do programa é a inserção do jovem na escola. “É a sua reintegração na sociedade, por meio da formação cidadã, da qualificação para o trabalho e do empreendedorismo”, acrescenta em nota. Com a medida de isolamento social, para enfrentamento ao coronavírus, o projeto está sendo executado de forma online.

Os projetos do Programa Superação são realizados por meio das secretarias vinculadas, com a coordenação e monitoramento de forma intersetorial, por meio do Grupo Gestor do Programa, frisa a SPS. O grupo é formado por representantes da Vice-Governadoria, Casa Civil, SPS, Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Corpo de Bombeiros, além de um representante da secretaria participante do projeto em execução.