PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Polícia Civil prende 15 pessoas em operação contra tráfico de drogas em Fortaleza

Foram cumpridos 48 manados de busca e apreensão. Entre os presos, estão três mulheres e uma delas era dona de um mercadinho no bairro Messejana

12:42 | 28/07/2020
A operação aconteceu na manhã terça-feira, 28 (Foto: Divulgação/ Ascom SSPDS)
A operação aconteceu na manhã terça-feira, 28 (Foto: Divulgação/ Ascom SSPDS)

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) prendeu 15 pessoas em ação conjunta da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta terça-feira, 28, em diversos bairros de Fortaleza, entre eles Messejana, Paupina e Coaçu. Ao todo, 150 policiais estiveram envolvidos no cumprimento de 48 mandados de busca e apreensão e 15 de prisão preventiva relativos à Operação Sharing. Drogas, celulares e um carro foram encontrados com os suspeitos. As investigações seguem na Capital.

Entre os presos, estão três mulheres, uma delas dona de um mercadinho no bairro Messejana. Ela era acusada de ser informante da quadrilha, avisando aos outros integrantes do grupo sobre a chegada da Polícia. Um dos alvos presos hoje foi flagrado com 12 comprimidos de ecstasy, no bairro Coaçu. O suspeito Isaac Gomes Viana, 28, com antecedentes criminais por tráfico e associação para o tráfico de drogas, foi preso em flagrante também com um automóvel, celulares e dinheiro, segundo informou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS).

As investigações começaram em janeiro de 2019 pela Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) e pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O objetivo é alcançar um grupo criminoso que atua no tráfico de drogas nos bairros da Messejana, Paupina, Lagoa Redonda, Edson Queiroz e Dias Macedo. Entre fevereiro e junho de 2019, outras nove pessoas já haviam sido presas em flagrante, junto à apreensão de oito quilos de drogas e um revólver. Além disso, durante as investigações, foi apontado a participação de um ex-policial militar que estaria fornecendo armas ao grupo. O Agente foi morto na Paupina.

As prisões desta terça ocorreram em três pontos de Fortaleza: no bairro Dias Macedo; no conjunto Rosa Luxemburgo, bairro Paupina, e no conjunto Por o Sol, no bairro Coaçu. A operação segue para tentar prender outros 10 foragidos, com mandados de prisão em aberto. Segundo o comandante da ação, Marciliano Ribeiro, delegado adjunto a DCTD, o trabalho realizado durante todo o período da investigação produziu provas suficientes para indiciar criminalmente todos os presos. Já os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos bairros Dias Macedo, Santa Rosa, São Bento, Messejana, Paupina, Coaçu, Parangaba, Lagoa, Redonda, Alto Alegre e Edson Queiroz

A ação conjunta desta terça-feira, 28, reuniu equipes dos departamentos de Polícia Judiciária Especializada (DPJE), da Capital (DPJC), Metropolitana (DPJM) do Interior Sul (DPJI Sul), de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV), de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Recuperação de Ativos (DRA) e Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) participam da ação policial, com coordenação do Departamento Técnico Operacional (DTO).

Os suspeitos presos em ações anteriores na operação tem passagens por crimes como estelionato e tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas,lesão corporal contra agente da segurança pública, resistência e posse irregular de arma de fogo.

A operação segue para tentar prender outros 10 foragidos, com mandados de prisão em aberto. Segundo o comandante da ação, Marciliano Ribeiro, delegado adjunto a DCTD, o trabalho realizado durante todo o período da investigação produziu provas suficientes para indiciar criminalmente todos os presos.