PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Feira de Artesanato da Beira-Mar será realocada para novo calçadão

As operações de realocação das estruturas da feirinhas estão sendo realizadas de madrugada, com auxílio de 7 caminhões e duas empilhadeiras

20:13 | 24/07/2020
 Feirinha da Beira Mar continua sem funcionar (Fco Fontenele/O POVO) (Foto: FCO FONTENELE)
Feirinha da Beira Mar continua sem funcionar (Fco Fontenele/O POVO) (Foto: FCO FONTENELE)

A Feirinha de Artesanato da Avenida Beira Mar será temporariamente transferida para o novo calçadão, entre o espigão da Avenida Desembargador Moreira e a Rua Nunes Valente, em frente ao Hotel Praiano, próximo ao Náutico. A feirinha segue sem funcionamento, evitando aglomerações, como solicita a Organização Mundial de Saúde (OMS). A realocação acontecerá por conta do avanço das obras de requalificação do Projeto Beira-Mar de Todos próximo ao Aterro da Praia de Iracema, que está agora na altura do cruzamento das avenidas Rui Barbosa e Historiador Raimundo Girão.

Serão construídos na região um quiosque, uma rotatória e uma área urbanizada com mobiliários urbanos e equipamentos esportivos. O Secretário da Regional II, João Freire Neto, afirma que a transferência da feirinha está acontecendo em um momento oportuno de reordenamento do território da Avenida Beira-Mar. Ele afirma que a Prefeitura segue dando suporte.

As operações de realocação das estruturas da feirinhas estão sendo realizadas de madrugada, com auxílio de sete caminhões e duas empilhadeiras. O roteiro do trajeto passará pela Avenida Abolição, passando pela Avenida Historiador Raimundo Girão. Os transportes serão acompanhados pelos agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e da Guarda Municipal, que farão a escolta do percurso para garantir a segurança no trânsito na região. Equipes de Ordenamento do Território da Regional II, da Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza (Seinf) e da Agefis também participarão da operação. A Associação dos Feirantes de Artesanato da Beira Mar (Asfabem) também acompanharão a operação. João Freire afirma estar constantemente em diálogo com os feirantes e a secretaria de Infraestrutura. “Toda a logística de mudança foi planejada e acordada com os comerciantes. Em breve teremos uma nova Beira-Mar mais bonita e mais organizada”, afirma.

O espaço que receberá a feirinha de artesanato está passando por melhorias. Receberá um novo piso, iluminação e zoneamento com padronização dos boxes, garantindo uma maior organização e disposição dos produtos, com o tamanho 2x2. Novas calçadas, quiosques de alimentação e lanches estarão entre as novidades. A previsão da entrega é para novembro deste ano.