PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Policiais do Bope cumprem mandado de prisão contra soldado por crime militar

O soldado atuou durante a paralisação dos policiais militares no começo deste ano e participou de assembleias para discutir melhorias salariais da categoria

Jéssika Sisnando
18:03 | 08/06/2020

Militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) cumpriram um mandado de prisão contra um soldado da Polícia Militar do Ceará (PMCE) nesta segunda-feira, 8, em Fortaleza.

Conforme O POVO apurou, o soldado Márcio Wescley de Oliveira dos Santos utilizou as redes sociais para informar que tinham militares do Bope na casa dele para fazer cumprir um mandado de prisão.

De acordo com apuração, houve um mandado de prisão preventiva e, por meio da Justiça Militar, Wescley cumpriria prisão domiciliar.

O motivo da prisão seria referente ao artigo 155 (incitamento) e ao 166 - que é referente a publicação ou crítica indevida -, ambos do Código Penal Militar. Essas publicações seriam relacionadas a posts nas redes sociais, no entanto não foi especificado qual seria.

Wesley seria submetido ao uso de uma tornozeleira eletrônica para cumprir a prisão domiciliar. O POVO solicitou nota à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e a Polícia Militar do Ceará (PMCE) e aguarda resposta.

O soldado atuou durante a paralisação dos policiais militares no começo deste ano e participou de assembleias para discutir melhorias salariais da categoria. Wescley, nas redes sociais, afirma que é pré-candidato nas eleições de Fortaleza para 2020 e possui, no perfil do Instagram, críticas relacionadas à política.