Participamos do

Templos da Igreja Universal permanecem com portas abertas apesar da quarentena

Conforme Secretaria de Segurança Pública, ao menos quatro indivíduos foram detidos por promover aglomeração em templos religiosos no Ceará
11:43 | Mai. 22, 2020
Autor Ítalo Cosme
Foto do autor
Ítalo Cosme Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O POVO percorreu alguns bairros de Fortaleza e encontrou templos da Igreja Universal do Reino de Deus celebrando cultos. A equipe de reportagem identificou no último fim de semana movimentação de fieis em pelo menos seis sedes de Fortaleza. Atividades do tipo estão proibidas, de acordo com decreto municipal que impõe isolamento social rígido na Capital para evitar a proliferação do novo coronavírus.

Apesar do fluxo de pessoas menor comparado aos dias normais, os templos cumprem programação nas sedes dos bairros Aldeota, Bom Jardim, Praia de Iracema, Parque São José, Santa Cecília e São Vicente. A reportagem não identificou nesses bairros outros estabelecimentos religiosos funcionando.

Veja vídeo de fieis entrando na sede da igreja na Praia de Iracema

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), foram registrados quatro procedimentos policiais relacionados a igrejas e/ou templo religioso, por descumprirem o Decreto Estadual N° 33.519, que visa conter a propagação da Covid-19.

Uma das ocorrências aconteceu em março, no bairro Paupina, e resultou na detenção do pastor da Igreja Universal. Outras duas foram registradas em abril, nos municípios de Itapipoca e Cariré. O quarto registro foi em maio, em Iguatu. No total, quatro pessoas foram conduzidas a unidades da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), onde foram registrados Termos Circunstanciados de Ocorrência referentes a cada caso, no artigo 268 do Código Penal Brasileiro (CPB), por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

“A SSPDS ressalta ainda que 132 procedimentos foram registrados em unidades da Polícia Civil referentes a estabelecimentos comerciais que prestam serviços considerados não essenciais abertos, sendo 115 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), quatro inquéritos e 13 boletins de ocorrência”, divulgou o órgão em nota repassada à reportagem na última quarta-feira, 20.

No início da semana, O POVO buscou contato com sede da Igreja Universal em Fortaleza. Um pastor, que se identificou como Samuel, informou que outro líder, chamado Raul, entraria em contato para dar posicionamento pela igreja. No entanto, isso não ocorreu. Questionado se cultos estariam ocorrendo, Samuel afirmou que as igrejas permanecem abertas, mas sem a realização das celebrações.

Procurada, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) informou ainda não ter flagrado, durante as rotas, situações de igrejas descumprindo os decretos estadual e municipal.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags