PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Tiroteios simultâneos entre facções são registrados em Fortaleza e RMF

Foram confirmados 10 homicídios na última quarta-feira, 22. Ordem de ataque a facção teria partido de chefe rival preso no sistema prisional

Jéssika Sisnando
17:23 | 23/04/2020

Facções com atuação no Ceará se enfrentaram em trocas de tiros entre a noite dessa quarta-feira, 22 e madrugada desta quinta-feira, 23. Os tiroteios simultâneos foram registrados na Capital e na Região Metropolitana de Fortaleza.

Conforme relatos de agentes de segurança ao O POVO, houve a morte de um chefe de um dos grupos criminosos em Caucaia, após facção rival ter ordenado a morte dos membros rivais.

Suposto "salve", que seria iniciativa de chefes da facção que seguem no sistema prisional, ordenava que rivais fossem mortos em 24 horas. Ainda havia uma ameaça, que se os integrantes que não cumprissem a determinação poderiam ser decretados (mortos) e a ordem seria dada de forma online. Ainda foram pedidas fotografias das respectivas vítimas sem vida para comprovar os assassinatos.

Na quarta-feira, 22, foram registrados seis homicídios em Fortaleza, sendo eles na comunidade do Baixa Pau (Praia de Iracema), Vila Pery, Granja Lisboa, Messejana, Praia do Futuro e Henrique Jorge. Foram sete prisões por porte ilegal de arma de fogo na Capital, sendo duas no Mondubim, uma em Dionísio Torres, Passaré, Aerolândia, Granja Portugal, Itaperi. Ao todo seis revólveres e duas pistolas.

Já na Região Metropolitana de Fortaleza, quatro homicídios foram registrados, sendo eles em Cascavel, Caucaia, Horizonte e Itaitinga. Houve registro de prisão por porte ilegal de arma de fogo.

Os relatos de tiroteio se estenderam entre os bairros Praia de Iracema, Granja Lisboa e no município de Caucaia. Vídeos de criminosos ostentando armas também foram divulgados nas redes sociais. Nas imagens criminosos fazem ameaças aos grupos rivais e demonstram invadir territórios que seriam ocupados pelos respectivos inimigos.