PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Em live, sociólogo italiano Domenico De Masi defende o conceito de ócio criativo

A transmissão pelas redes sociais e pela TV Unifor acontece a partir das 14 horas. No bate-papo, o sociólogo vai defender que o trabalho precisa ser repensado "para que a vida floresça e esse florescer convoca um ócio recriador"

13:44 | 15/04/2020
Sociólogo italiano Domenico De Masi defende o ócio como fator de criatividade. Foto: Régis Filho/Valor Cultura
Sociólogo italiano Domenico De Masi defende o ócio como fator de criatividade. Foto: Régis Filho/Valor Cultura (Foto: Foto: Régis Filho/Valor Cultura)

O sociólogo italiano Domenico De Masi deve realizar uma live pelas redes sociais da Universidade de Fortaleza (Unifor), logo mais, às 14 horas, para discutir os desafios trazidos pelo novo coronavírus. Com o tema Crise (Covid 19): avaliação, desafios e prognoses, o bate-papo acontece com a mediação do professor da pós-graduação em Psicologia, José Clerton Martins, doutor em Estudos sobre Ócio e Desenvolvimento Humano, pela Universidad de Deusto (Espanha) e passeia pelo conceito de ócio criativo. 

Confira a live neste link

O sociólogo se tornou famoso no mundo com a criação de um conceito novo que, a princípio, ia de encontro com todos os debates sobre produtividade: ócio criativo. Segundo ele, esse elemento, longe de ser negativo, é um fator que estimula a criatividade pessoal. O tema é objeto de estudo do professor José Clerton Martins, a partir de bolsa do Programa de Produtividade em Pesquisa do CNPq/Brasil, em que investiga sobre tempo livre, ócio e lazer nas culturas contemporâneas. O mediador da live também é coordenador do Grupo de Estudos Multidisciplinares sobre Ócio e Tempo Livre da pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza.

Há 15 anos, o programa de pós-graduação em Psicologia mantém uma linha de estudo que ampara a temática do ócio e tempo livre – e defende o conceito como importante para a sustentabilidade da vida. No ano passado, a Universidade de Fortaleza lançou na Revista Subjetividades um dossiê sobre Ócio e Contemporaneidade, coordenador pelo professor José Clerton Martins e com a contribuição de pesquisadores da rede iberoamericana de estudos sobre ócio.

“Esse evento reverbera o tema, sobretudo nesse momento onde questionamos sobre estarmos com saúde em casa ou nos lançarmos às ruas, correndo risco de morte, em nome da manutenção do trabalho, da forma como era até ontem. Como diz Domenico, o trabalho precisa ser repensado para que a vida floresça e esse florescer convoca um ócio recriador”, comenta o professor José Clerton.

“Compreendemos que o momento atual nos convoca a repensar o lugar do ócio na nossa contemporaneidade onde a existência nos resguardava até então, um lugar de inexistência de recriação do modo de vida. No entanto, agora, somos convidados a recriar espaços e tempos onde o trabalho convive com a vida em sua potência, inaugurando novos sentidos às dinâmicas existenciais em âmbito planetário. Ocidente e oriente, budistas, cristãos e muçulmanos reinventam consumo, tempo e tornam a vida e existência menos traumáticas. O capital e seu tempo e consequentes modos de vida se refazem”.

Serviço

Lives do Conhecimento

Com o sociólogo Domenico De Masi: dia 15 de abril, quarta-feira, 14 horas

Transmissão pelas redes sociais da Unifor (@uniforcomunica, Facebook e YouTube) e pela TV Unifor (canais 14 da Multiplay e 181 da NET)

Aberto ao público, mediando inscrição no link:  materiais.unifor.br/live-do-conhecimento-15-04